Topo

Esporte


Ex-goleiro colombiano Miguel Angel Calero tem morte cerebral

04/12/2012 19h36

MEXICO, 04 dez 2012 (AFP) - O ex-goleiro colombiano Miguel Angel Calero Rodríguez teve morte cerebral diagnosticada na segunda-feira, anunciou o clube mexicano Pachuca.

Calero foi hospitalizado em 25 de novembro, por causa de uma embolia cerebral. Num primeiro momento, os médicos informaram que a vida do ex-jogador estava fora de perigo mas sua situação se agravou nas últimas horas.

A notícia de sua morte foi lamentada por toda Colômbia. As autoridades máximas do país enviaram mensagens de solidariedade à família do goleiro e ídolo nacional.

"Dói profundamente em todos nós o que aconteceu com Miguel Calero. Acompanhamos de coração sua família. O futebol está de luto", declarou o presidente da república, Juan Manuel Santos.

Calero, 41 anos, era treinador de goleiros do Pachuca.

Com a seleção colombiana, Calero disputou a Copa do Mundo da França-1998 e conquistou a Copa América de 2001.

Mais Esporte