Topo

Esporte


Ex-técnico de Senegal na Copa de 2002 morre de câncer aos 59 anos

AP Photo/Eugene Hoshiko
Bruno Metsu, que treinou a seleção de Senegal na Copa do Mundo de 2002 Imagem: AP Photo/Eugene Hoshiko

Das agências internacionais

De Lille (França)

2013-10-15T10:00:00

15/10/2013 10h00

O técnico francês Bruno Metsu, que levou a seleção de Senegal às quartas de final da Copa do Mundo de 2002, na Coreia do Sul e do Japão, morreu de câncer na madrugada desta terça-feira as 59 anos de idade.

"Ele faleceu na noite passada às 3h30", confirmou à AFP o diretor do clube de basquete BCM Gravelines-Dunkerque, Hervé Beddeleem, amigo próximo do treinador.

"Estou muito afetado. Bruno tinha tudo para ser feliz, uma carreira profissional exemplar, experiência, dinheiro, tudo para ser feliz com sua mulher e seus filhos, mas o câncer o levou. É incrível", lamentou Beddeleem.

"Agora estou disputando o jogo da minha vida. O choque foi terrível, mas sempre tentei manter o otimismo. Não me entrego nunca", havia declarado Metsu em julho em entrevista ao jornal L'Équipe na qual revelou sua doença publicamente.

Uma das partidas mais marcantes de Metsu como técnico foi a vitória por 1 a 0 de Senegal sobre a então campeã mundial e europeia França, seu país de origem, na abertura da Copa de 2002, em uma das maiores zebras da história do futebol.

Depois deste Mundial, o treinador francês continuou sua carreira em times do Catar e conquistou a Copa do Golfe em 2007 com a seleção dos Emirados Árabes.
 

Mais Esporte