Topo

Esporte

Técnico e três jogadores brasileiros deixam clube da Guiné por "motivos pessoais"

19/02/2015 19h48

Conacri, 19 Fev 2015 (AFP) - O técnico brasileiro Antônio Dumas renunciou ao cargo de técnico do Hafia FC, da Guiné, e acabou levando junto três jogadores, que reincidiram seus contratos, informou nesta quinta-feira uma fonte oficial.

Dumas, que já treinou as seleções do Togo e da Guiné Equatorial, havia sido contratado por um ano pelo clube em outubro do ano passado, mas pediu demissão por "motivos pessoais".

De acordo com o site local guineetopsports.com, o brasileiro alegou que não tinha as condições de trabalho necessárias para desenvolver seu trabalho.

O goleiro Fernando Costa, o zagueiro Felipe Costa e o atacante Kiel dos Santos, que foram contratados a pedido de Dumas, também deixou o clube.

O Hafia é o time mais vitorioso da história do futebol da Guiné, com 15 títulos nacionais e três troféus continentais, conquistados na década de 1970 (1972, 1975 e 1977).

A Guiné foi um dos países que mais sofreram com a epidemia de Ebola, junto com a Libéria e a Serra Leoa.

str-jlf/dr/lg

Mais Esporte