Esporte

Para Lahm, Bola de Ouro é "prêmio de marketing"

13/01/2016 17h29

Berlim, 13 Jan 2016 (AFP) - O Campeão do mundo alemão Philipp Lahm comparou na terça-feira a Bola de Ouro a um "prêmio de marketing", que recompensa apenas os jogadores mais populares, lamentando o fato da distinção ser dada a apenas um jogador.

"Acredito que se a Fifa quer dar uma recompensa, isso não pode ser um prêmio de marketing que premie apenas os atores com maior apelo de mídia no mundo do futebol", declarou o capitão do Bayern de Munique ao site goal.com.

O jogador de 32 anos usou até um tom irônico, ao sugerir que a próxima eleição da Bola de Ouro seja realizada pelo Facebook. Segundo Lahm, o resultado seria "provavelmente o mesmo do que com o método atual", explicou, lembrando o impressionante número de fãs que Cristiano Ronaldo, Lionel Messi e Neymar têm nas redes sociais.

Sem tirar o mérito dos três jogadores finalistas da eleição da Bola de Ouro, Lahm lamentou que a distinção se resuma à "eleição do atacante do ano".

"Isso não é meu ponto de vista como defensor frustrado, mas sim a voz intangível dos fatos", justificou o alemão. "Talvez não há necessidade, num esporte coletivo, para apenas um jogador ser premiado".

O capitão da seleção alemã que conquistou o tetracampeonato mundial no Brasil gostaria que fossem entregues "quatro prêmios individuais, para não colocar no mesmo cesto goleiros, defensores, meias e atacantes".

Desde do ano 2000, todos os jogadores que receberam a Bola de Ouro eram atacantes ou meias ofensivos, com exceção de Fabio Cannavaro, zagueiro italiano vencedor em 2006, numa época em que se dava mais valor aos títulos conquistados, em relação às estatísticas individuais.

A mudança de rumo aconteceu em 2010, quando a revista France Football passou a organizar a premiação junto com a Fifa.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo