Esporte

'BBC' e 'MSN' dão show, mas Atlético segue firme na ponta

17/01/2016 20h36

Madri, 17 Jan 2016 (AFP) - O Real Madrid e o Barcelona contaram com o talento dos seus craques para golear em casa o Sporting Gijón (5-1) e o Athletic Bilbao (6-0), respectivamente, mas isso não impediu o Atlético de Madri de se manter isolado na liderança.

Real e Barça ostentaram mais uma vez o poder de fogo dos trios "BBC" e "MSN", mas os "colchoneros" também têm um atacante letal, o francês Antoine Griezmann, autor de dois gols na vitória por 3 a 0 no campo do Las Palmas (17º), na qual o lateral brasileiro Filipe Luís também deixou sua marca.

Com os resultados deste domingo, válidos pela 20ª rodada da Liga Espanhola, o Atlético chegou aos 47 pontos, dois de vantagem sobre os catalães e quatro sobre os "Merengues".

O atual campeão Barça, porém, tem um jogo a menos, por conta da disputa do Mundial de Clubes, em dezembro, no Japão.

O placar mais elástico ficou por conta dos "Culés", que festejaram em grande estilo a quinta Bola de Ouro de Lionel Messi, apresentada à torcida que lotou o Camp Nou.

O argentino abriu o placar de pênalti, mas só jogou no primeiro tempo, por sentir dores na coxa.

"Ele foi substituído por causa de uma leve sobrecarga. Não fazia sentido arriscar. Não gosto de correr risco com ninguém, então imaginem com Messi", explicou o técnico Luis Enrique depois da partida.

Quem roubou a cena foi o uruguaio Luis Suárez, autor de um "Hat Trick". O camisa 9 disparou na artilharia, com 18 gols, dois a mais que Neymar, Benzema e Cristiano Ronaldo, todos com 15.

Neymar também brilhou, com um gol e passes para outros dois, consolidando a posição de melhor "garçom" do campeonato, com oito assistências no total.

Barça com um a maisNa verdade, a tarefa do trio "MSN" foi facilitada pelo fato de o Athletic Bilbao jogar com um a menos durante praticamente toda a partida.

O time basco entrou em campo empolgado para tentar repetir a façanha da Supercopa da Espanha, quando tirou do Barça o único título que faltou em 2015.

Os visitantes deram um grande susto à torcida local logo aos 2 minutos de jogo, quando Muniain aproveitou lambança de Piqué e deixou Eraso na cara do gol, mas o meia desperdiçou.

Dois minutos depois, porém, um lance mudou a cara da partida. Suárez driblou Etxeita, invadiu a área, e foi derrubado pelo goleiro Irairoz, que foi expulso. Messi não perdoou e converteu a penalidade máxima.

Enfrentar o Barça no Camp Nou já é muito difícil. Com um a menos durante mais de 85 minutos, vira missão impossível.

"O pênalti mudou o jogo e a forma com que tiveram que nos enfrentar, mas soubemos tirar o máximo dessas circunstâncias", comentou Suárez.

O time basco até foi valente, mas só resistiu até os 31, quando Neymar deixou o dele com um toque sutil por cobertura, após receber ótimo passe de Suárez.

O brasileiro devolveu a gentileza logo depois do intervalo, aos 2 da segunda etapa, com uma linda tabela com o uruguaio, que abriu sua conta pessoal.

Neymar levantou novamente a torcida aos 16, com grande jogada pela esquerda, antes de cruzar rasteiro para o croata Rakitic fazer 4 a 0.

Suárez ainda teve tempo de anotar o quinto, aos 23, em passe do turco Arda Ruran, antes de converter o "set point" de cabeça aos 37.

Benzema faz jogo 300Mais cedo, no estádio Santiago Bernabéu, o Real Madrid brindou sua torcida com mais uma goleada, a segunda em dois jogos sob o comando de Zinedine Zidane.

Depois do Deportivo La Coruña (5-0), foi a vez do Sporting Gijón (5-1) levar cinco gols, como se o ex-craque francês tivesse pedido aos seus jogadores para homenagear o número que usava na camisa quando defendia o time "merengue".

Como aconteceu na semana passada, o trio "BBC" deu um show de bola no estádio Santiago Bernabéu, com Cristiano Ronaldo e Karim Benzema anotando dois gols cada, e Gareth Bale abrindo o caminho da vitória.

"Os três estão muito bem, mas isso não é uma surpresa. Estou muito satisfeito com o desempenho deles, não apenas com bola no pé. Eles também fazem um grande trabalho defensivo", elogiou Zidane.

A única nota negativa da partida foi que tanto Bale quanto Benzema tiveram de sair por lesão no decorrer da partida.

No Bernabéu, todos os cinco gols do Real saíram no primeiro tempo. Autor de um "Hat Trick" contra o Depor, Bale deixou o dele logo aos sete minutos de jogo.

O galês cabeceou firme para as redes em cobrança de escanteio do alemão Toni Kroos, escalado novamente ao lado de Modric e Isco, deixando no banco o colombiano James Rodríguez e o brasileiro Casemiro.

Cristiano Ronaldo, que não havia marcado na estreia de "Zizou", ampliou aos 9, após receber ótimo passe de Benzema.

O francês fez 3 a 0 três minutos depois, com um lindo voleio acrobático, em cruzamento de Bale.

O trio "BBC" não parou por aí. Aos 18, CR7 anotou o quarto, na conclusão de uma grande jogada de Carvajal, que foi mais uma vez titular na lateral direita, no lugar do brasileiro Danilo.

Lesões em sérieDepois desse início arrasador, o Real resolveu cadenciar um pouco mais o jogo, mas voltou a acelerar aos 41, quando Benzema anotou o quinto após receber um lindo passe de Isco por cima da defesa, na sua 300ª partida com a camisa "merengue".

"Hoje fizemos um ótimo primeiro tempo, entramos em campo muito focados. Estou feliz com a forma, com a qual controlamos a partida", comemorou Zidane.

Os "merengues" relaxaram de vez depois do intervalo, com Bale dando lugar a Jesé, depois de sofrer dores na panturrilha no final da primeira etapa.

Aos 19 do segundo tempo, foi a vez de Benzema deixar o gramado, por levar uma pancada no tornozelo, num choque com James, que tinha acabado de entrar, no lugar de Isco.

"Karim só levou uma pancada mesmo. O problema de Bale é mais complicado, mas espero que não seja grave", disse Zidane depois da partida.

Ismael Lopez anotou o gol de honra aos 17, aproveitando um vacilo do brasileiro Marcelo na marcação, mas nada que estragasse a festa dos comandados de Zidane.

Mais cedo, o Valencia (10º), que há duas semanas selou o destino do antecessor do francês, Rafael Benítez, ao arrancar o empate em 2 a 2, repetiu o placar diante do Rayo Vallecano (18º).

Resultados da 20ª rodada do Campeonato Espanhol

- Sábado:

Sevilla - Málaga 2 - 1

Celta Vigo - Levante 4 - 3

Villarreal - Betis 0 - 0

Real Sociedad - Deportivo La Coruña 1 - 1

- Domingo:

Valencia - Rayo Vallecano 2 - 2

Real Madrid - Sporting 5 - 1

Las Palmas - Atlético de Madri 0 - 3

Getafe - Espanyol 3 - 1

Barcelona - Athletic Bilbao 6 - 0

- Segunda-feira:

(17h30) Eibar - Granada

Classificação: Pts J V E D Gp Gc SG

1. Atlético de Madri 47 20 15 2 3 30 8 22

2. Barcelona 45 19 14 3 2 50 15 35

3. Real Madrid 43 20 13 4 3 57 19 38

4. Villarreal 40 20 12 4 4 26 16 10

5. Celta Vigo 34 20 10 4 6 32 30 2

6. Sevilla 32 20 9 5 6 28 22 6

7. Eibar 30 19 8 6 5 27 20 7

8. Deportivo La Coruña 28 20 6 10 4 27 24 3

9. Athletic Bilbao 28 20 8 4 8 27 28 -1

10. Getafe 26 20 7 5 8 24 28 -4

11. Valencia 24 20 5 9 6 25 21 4

12. Málaga 24 20 6 6 8 15 17 -2

13. Real Sociedad 21 20 5 6 9 23 28 -5

14. Espanyol 21 20 6 3 11 18 33 -15

15. Betis 21 20 5 6 9 13 28 -15

16. Las Palmas 18 20 4 6 10 19 30 -11

17. Granada 17 19 4 5 10 20 36 -16

18. Rayo Vallecano 16 20 4 4 12 23 45 -22

19. Sporting 15 19 4 3 12 17 34 -17

20. Levante 14 20 3 5 12 17 36 -19.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo