Esporte

Inglaterra tem recorde de 29 demissões de treinadores na temporada

19/01/2016 14h41

Londres, 19 Jan 2016 (AFP) - Vinte e nove treinadores das quatro principais divisões inglesas, um recorde, foram demitidos na primeira metade da temporada, segundo estatística da Associação de treinadores da Liga Inglesa.

Este total de técnico demitidos entre 1 de junho e 29 de dezembro de 2015 supera o recorde anterior de 27 demissões no mesmo período do ano de 2014.

Os nomes de seis treinadores da Premier League aparecem na lista: Nigel Pearson (Leicester), Brendan Rodgers (Liverpool), Dick Advocaat (Sunderland), Tim Sherwood (Aston Villa), Garry Monk (Swansea) e José Mourinho (Chelsea).

Os técnico da 2ª divisão inglesa estão ainda mais expostos, com dez demissões no período.

Por outro lado, Arsène Wenger é o técnico mais antigo no cargo, com mais de 1095 jogos em 19 anos no comando do Arsenal. O francês é seguido de longe por Paul Tisdale, que há 9 anos e meio é treinador do Exeter, da 4ª divisão.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo