Esporte

Pastor Maldonado não pilotará na F1 em 2016

01/02/2016 16h36

Paris, 1 Fev 2016 (AFP) - O piloto venezuelano Pastor Maldonado anunciou nesta segunda-feira pelo Twitter que não fará parte da escuderia Renault e deixará a Fórmula 1, dois dias antes da apresentação oficial dos pilotos para a nova temporada, na quarta-feira em Paris.

"Hoje, com a maior humildade, informo a vocês que não estarei presente no grid de largada da F1 para a temporada 2016. Obrigado a todos pelas mensagens de apoio, paixão e preocupação com meu futuro", escreveu Maldonado, de 30 anos e vencedor em 2012 do Grande Prêmio da Espanha, ao volante da Williams.

Este anuncio confirma um rumor existente nas imprensas britânica e dinamarquesa, que especulam a possibilidade de que o dinamarquês Kevin Magnussen, piloto da McLaren em 2014, fosse o novo contratado da Renault.

A volta de Magnussen à F1 poderá ser oficializado na quarta-feira em Guyancourt, perto de Paris, na coletiva de imprensa de lançamento da escuderia Renault.

Magnussen se tornaria o companheiro de equipe do estreante britânico Jolyon Palmer, campeão da GP2 em 2014.

Em seis temporada na F1 (2011-2015), primeiro na Williams e em seguida na Lotus, Maldonado participou de 95 corridas, somando 76 pontos e subindo uma vez ao pódio, no dia em que foi o surpreendente vencedor do GP de Barcelona, em 2012.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo