Esporte

Leicester humilha City em Manchester e abre 5 pontos na liderança

06/02/2016 18h18

Paris, 6 Fev 2016 (AFP) - O pequeno Leicester continua derrubando gigantes, e foi a vez do poderoso Manchester City ser vítima da sensação inglesa do momento, com derrota contundente por 3 a 1 em pleno Etihad Stadium, neste sábado, pela 25ª rodada da Premier League.

Além de deixar a diferença para o surpreendente líder subir para seis pontos, os "Citizens" foram desbancados da vice-liderança pelo Tottenham, que poucas horas depois derrotou o Watford por 1 a 0, com gol de Trippier.

Com o triunfo, o Leicester soma 53 pontos, cinco de vantagem sobre os "Spurs". Ninguém poderia imaginar que um time que ainda disputava a segunda divisão há pouco mais de um ano e meio e terminou apenas em 14º lugar da elite na temporada passada teria condições de liderar a competição com tanta folga a 13 rodadas do fim.

Os "Foxes" vivem um verdadeiro conto de fadas. Muitos achavam que a fase iluminada teria dias contados, mas a carruagem continua andando firme e forte rumo ao outrora improvável título, e não deve virar abóbora tão cedo.

"Esse campeonato é muito louco! Leicester campeão, por que não? Vamos tentar", afirmou o técnico italiano Claudio Ranieri, que antes praticamente não falava sobre as ambições do seu time.

"Jogamos cada jogo como se fosse o último, sempre buscando a vitória", enfatizou.

Invicto há sete jogos, o Leicester ganhou quatro das últimas seis partidas que disputou na Premier League, e já vinha de vitórias convincentes sobre adversários em teoria complicados, Stoke City (3-0) e Liverpool (2-0).

Neste sábado, porém, os comandados de Claudio Ranieri foram ainda mais longe, alcançando sem dúvidas a maior façanha desta campanha inacreditável.

Em Manchester, os "Citizens" tiveram mais posse de bola, mas criaram poucas chances de gol, sofrendo bastante com o desfalque do meia belga Kevin De Bruyne. Ele está fora dos gramados por conta de uma lesão no joelho e só deve voltar em abril.

"Não há nada a dizer. Eles jogaram melhor, mas ainda há 36 pontos em jogo, não acabou ainda. É importante recuperar os jogadores lesionados", comentou o técnico do City, o chileno Manuel Pellegrini.

Zagueiro artilheiroQuem resume melhor o conto de fadas do Leicester é o artilheiro-operário Jamie Vardy, que no início dividia seu tempo entre o trabalho na fábrica e a triste rotina da oitava divisão. Hoje, ele é o principal goleador do campeonato (18).

Poucas horas depois da partida, o clube anunciou outra vitória, desta vez nos bastidores, com a renovação do contrato do atacante até 2019.

No Leicester desde 2012, o atacante foi contratado por um milhão de libras junto ao modesto Fleetwood Town, da quarta divisão, mas deve sair por muito mais no futuro, já que é cobiçado por vários grandes clubes.

"Estou encantado por continuar lutando para conquistar algo especial com este clube. O Leicester vem mostrando uma fé cega em mim desde que eu cheguei, e é impossível medir o quanto esta confiança me ajudou a melhorar", comentou atleta de 29 anos.

Vardy passou em branco contra o City, mas os "Foxes" tiraram da cartola outro herói improvável, o zagueiro alemão Robert Huth, autor de dois gols na partida.

O primeiro saiu logo aos seis minutos de jogo, quando Huth escapou da marcação do argentino Demichelis para cabecear para as redes em cruzamento do argelino Riyad Mahrez.

Depois de jogar um balde de água fria no Etihad Stadium, os visitantes sofreram forte pressão do City, mas conseguiram manter a vantagem, que foi ampliada logo depois do intervalo, com um contra-ataque letal.

Aos 3 da segunda etapa, Mahrez recebeu de Kanté, fez o que quis no meio da dupla de zaga argentina Demichelis-Otamendi e tocou no cantinho do goleiro Hart.

Huth ainda anotou o terceiro aos 15, em jogada parecida com a do primeiro, ganhando no alto de Demichelis na bola parada, desta vez, uma cobrança de escanteio.

"Kun" Aguero ainda salvou a honra dos argentinos do City aos 42, mas pouco amenizou a humilhação sofrida pelos donos da casa.

Firmino marca, mas Liverpool tropeçaNa próxima rodada, os "Foxes" terão outra prova de fogo, contra o Arsenal (3º), que tem oito pontos a menos, mas pode reduzir a diferença para três, se vencer o Bournemouth no domingo.

Os comandados de Ranieri vão encarar o duelo com os "Gunners" com sede de revanche, já que foram goleados por 5 a 2 pelo time londrino em setembro.

"Agora, estamos muito, muito felizes, mas precisamos logo focar na partida contra o Arsenal. Estamos prontos para a briga", avisou Ranieri.

Mais tarde neste sábado, o Liverpool não contou com a presença de Jurgen Klopp na beira do gramado. Empatou em 2 a 2 em casa com o Sunderland, em jogo que chegou a vencer por 2 a 0, com direito a gol do brasileiro Roberto Firmino, que também deu uma assistência.

O técnico alemão sentiu um desconforto na sexta-feira e precisou ser operado de uma apendicite na tarde deste sábado. A cirurgia foi realizada com êxito, no Aintree University Hospital de Liverpool.

Se tivesse visto o time em campo, Klopp certamente teria sentido dores de cabeça.

Firmino abriu o placar para os "Reds" de cabeça, aos 15 do segundo tempo, e deu passe para Lallana ampliar dez minutos depois. Os "Black Cats" conseguiram, então, arrancar o empate na reta final, com gols do meia Adam Johnson e do veterano Jermaine Defoe.

O Liverpool não vence na Premier League há três jogos e ocupa apenas a oitava posição, a dez pontos da zona de classificação para a Liga dos Campeões.

Na parte de baixo da tabela, o Newcastle (17º) saiu da zona de rebaixamento ao derrotar o West Bromwitch por 1 a 0, com gol de Mitrovic.

Na última partida do dia, o Southampton (7º) derrotou o West Ham (6º) por 1 a 0, que, antes disso, havia perdido apenas uma das suas últimas 11 partidas na Premier League.

No domingo, o Chelsea recebe o Manchester United, num clássico entre dois times em busca de redenção.

Resultados da 25ª rodada do Campeonato Inglês

- Sábado:

Manchester City - Leicester 1 - 3

Swansea City - Crystal Palace 1 - 1

Stoke City - Everton 0 - 3

Newcastle - West Bromwich 1 - 0

Tottenham - Watford 1 - 0

Liverpool - Sunderland 2 - 2

Aston Villa - Norwich City 2 - 0

Southampton - West Ham 1 - 0

- Domingo:

(11h30) AFC Bournemouth - Arsenal

(14h00) Chelsea - Manchester United

Classificação: Pts J V E D Gp Gc SG

1. Leicester 53 25 15 8 2 47 27 20

2. Tottenham 48 25 13 9 3 45 19 26

3. Manchester City 47 25 14 5 6 47 26 21

4. Arsenal 45 24 13 6 5 37 22 15

5. Manchester United 40 24 11 7 6 31 21 10

6. West Ham 39 25 10 9 6 38 29 9

7. Southampton 37 25 10 7 8 33 24 9

8. Everton 35 25 8 11 6 46 34 12

9. Liverpool 35 25 9 8 8 32 36 -4

10. Watford 33 25 9 6 10 27 27 0

11. Stoke City 33 25 9 6 10 24 31 -7

12. Crystal Palace 32 25 9 5 11 26 30 -4

13. Chelsea 29 24 7 8 9 32 34 -2

14. West Bromwich 29 25 7 8 10 23 32 -9

15. AFC Bournemouth 28 24 7 7 10 29 39 -10

16. Swansea City 27 25 6 9 10 24 33 -9

17. Newcastle 24 25 6 6 13 26 44 -18

18. Norwich City 23 25 6 5 14 28 48 -20

19. Sunderland 20 25 5 5 15 30 49 -19

20. Aston Villa 16 25 3 7 15 20 40 -20

./bds/lg/tt

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo