Esporte

Sunderland demite jogador por assédio sexual a menor de idade

11/02/2016 18h54

Londres, 11 Fev 2016 (AFP) - O Sunderland demitiu nesta quinta-feira o meia da seleção inglesa Adam Johnson, depois do jogador se declarar culpado de atividade sexual e assédio a uma menor de 15 anos, em Bradford, no norte da Inglaterra.

"Após a declaração de culpa de Adan Johnson, o clube rescindiu seu contrato de maneira imediata. O clube não quer fazer outro comentário", anunciou o Sunderland em comunicado.

Horas antes, o técnico do Sunderland, Sam Allardyce, admitiu que Johnson, com um salário de 86.804 dólares por semana, não enfrentaria o Manchester United no sábado, pelo Campeonato Inglês.

Após ser preso em março do ano passado, o jogador foi inicialmente suspenso pelo Sunderland, mas logo recebeu a permissão de continuar a carreira. No último sábado, Johnson marcou o gol de empate em 2 a 2 diante do Liverpool.

A empresa de material esportivo Adidas anunciou nesta quinta-feira que decidiu encerrar o patrocínio com o meia inglês.

Johnson, que vestiu a camisa da seleção da Inglaterra 12 vezes, iniciou a carreira do Middlesbrough, antes de se transferir ao Manchester City. Em 2012, assinou com o Sunderland, numa transferência de 15,3 milhões de dólares.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo