Esporte

Jogador denuncia clube polonês por assédio após "treinos assassinos"

03/03/2016 14h54

O jogador albanês Sebino Plaku denunciará nesta sexta-feira o clube polonês Slask Wroclaw ao Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) por humilhação e perseguição, informou nesta quinta-feira o FIFPro, sindical mundial dos jogadores.

Plaku, 30 anos, teria sido "obrigado a fazer coisas humilhantes, como distribuir jornais do clube num centro comercial, treinar com roupas velhas e supervisionar o treino de crianças de sete anos", descreveu a FIFPro em comunicado transmitido nesta quinta-feira à AFP.

"Ele chegou a treinar sozinho com uma câmera apontada para ele para provar que não estava relaxando durante um jornada de quinze horas", completou.

O FIFPro afirma também que Plaku "foi obrigado a treinar de manhã, à tarde e à noite, seis dias por semana, quando não aceitou reduzir seu salário para menos da metade do previsto em contrato".

Perguntado pela AFP sobre o caso, o porta-voz do Slask Wroclaw, Krzysztof Swierszcz respondeu: "Não vamos comentar este assunto. Vamos esperar o veredito do tribunal. Em relação às acusações de 'treinos assassinos' (expressão usada pelos representantes do jogador), não acreditamos que foram 'assassinos'. Eram treinos normais de jogadores profissionais".

O contrato do jogador foi anulado pela Federação Polonesa "sem que fosse atribuída qualquer responsabilidade ao clube", concluiu o sindicato.

bo-cda-ebe/pgr/dr/am

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo