Esporte

Depoitre, o atacante 'amador' do Gent que brilha na Champions

Dean Mouhtaropoulos/Getty Images
Imagem: Dean Mouhtaropoulos/Getty Images

Da AFP

Em Bruxelas

07/03/2016 19h30

Essa é a história de um atacante que nunca deveria ter disputado a Liga dos Campeões: Laurent Depoitre, do Gent, subiu um por um os andares da hierarquia do futebol belga, saindo de maneira tardia do amadorismo para bater na porta da seleção nacional.

Os defensores do Wolfsburg terão que ficar de olho nesse atacante de 1,90 m nesta terça-feira. Se o Gent, derrotado por 3 a 2 na ida, quiser surpreender novamente na Champions e se classificar às quartas de final, precisará de uma grande atuação de seu centro-avante.

Depoitre, de 27 anos, não passou pelas tradicionais categorias de base. Sua trajetória no futebol começou no La Montkainoise, pequeno clube provinciano, no qual atuou até os 13 anos. Em seguida, foi parar no circuito amador, defendendo clubes como Tournai, Mouscron (2009) e Alost (2009-2012).

Durante os anos de amadorismo, o jovem Depoitre priorizou os estudos e cursou engenharia civil por cinco anos, só faltando a monografia par se formar.

"Tenho que encontrar um jeito de terminar. Não quero ter estudado cinco anos para nada", explicou o jogador.

Depoitre se tornou profissional em 2012, quando foi contratado pelo Ostende, anotando 25 gols em 75 jogos antes de ser levado pelo Gent no ano passado.

No primeiro ano com os 'Búfalos' foram 13 gols, ajudando a equipe treinada por Hein Vanhaezebrouck a conquistar pela primeira vez o Campeonato Belga.

- Futuro na Premier League? -"É um lembrança fantástica. Eu, campeão da Bélgica? Não conseguia acreditar", admite o jogador. "Só de ter me tornado um jogador profissional já foi um sonho. Tenho consciência da minha sorte quando vejo meu colegas de faculdade trabalhando todos os dias de 8h às 18h00".

Depoitre (12 gols em 27 jogos nesta temporada) se tornou um dos pilares da equipe e ganhou a confiança de Sven Kums, principal nome do meio de campo do Gent.

A ascensão do atacante não parece parar. Convocado pela primeira vez para defender a seleção belga, Depoitre briga por uma vaga na equipe que disputará a Eurocopa-2016. A concorrência é enorme, já que o técnico Marc Wilmots pode contar com jogadores de renome internacional como Romelu Lukaku, Christian Benteke, Michy Batshuayi e Divock Origi.

Em relação ao clube, Depoitre já avisou que deixará o Gent ao fim da temporada, depois de recusar a prolongação do contrato e um aumento salarial "significativo", segundo a própria entidade.

O jogador parece estar de olho na Premier League: "Realmente, é um estilo de jogo que condiz com minhas características. Acredito que posso ser útil para muitas equipes que jogam de maneira ofensiva", afirmou recentemente.

No momento, porém, as atenções de Depoitre estão na conquista de um segundo título belga para o Gent ("Será difícil, o Brugges é favorito") e em surpreender o Wolfsburg na Champions.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Esporte

Topo