Esporte

Com dois expulsos, Corinthians perde de virada para Cerro Porteño na Libertadores

09/03/2016 22h04

Asunción, 10 Mar 2016 (AFP) - Prejudicado pelas expulsões de dois jogadores, o Corinthians não aguentou a pressão e foi derrotado de virada pelo Cerro Porteño em Assunção, no Paraguai, nesta quarta-feira pelo Grupo 8 da Copa Libertadores, e viu o adversário assumir a liderança da chave.

Com a derrota, os comandados de Tite seguem com 6 pontos somados, mas são ultrapassados pelo Cerro, novo líder do grupo que chegou a 7 pontos em três jogos. O Santa Fe, da Colômbia, que mais cedo venceu o lanterninha Cobresal chileno (não pontuou) por 2 a 1, é o 3º colocado com 4 pontos.

Com ótima atuação no primeiro tempo, quando jogava em igualdade numérica, o Timão chegou a abrir o placar logo aos 12 minutos de jogo com o atacante André.

No segundo tempo, o Cerro deixou tudo igual aos 3 minutos com Guillermo Beltrán e, em seguida, aproveitou as expulsões de André e Rodriguinho para dominar a partida, pressionar o Corinthians e virar a partida, com gols de Sergio Díaz e outro de Beltrán.

Giovanni Augusto ainda diminuiu a três minutos do apito final em cobrança de pênalti, mas não evitou a primeira derrota do atual campeão brasileiro na Libertadores.

Na próxima rodada, na semana que vem, o Corinthians terá a oportunidade de se vingar do Cerro, já que recebe o clube paraguaio em São Paulo. Um dia antes, o Santa Fe enfrentará novamente o modesto Cobresal, desta vez na Colômbia, e poderá embolar de vez o Grupo 8 da competição continental com outra vitória.

- Liderança em jogo -O Corinthians chegou à terceira rodada da fase de grupos da Libertadores em situação tranquila, com duas vitórias em dois jogos e a liderança isolada da chave nas mãos.

As atuações nas vitórias sobre Cobresal e Sant Fe, ambas por 1 a 0, não foram de encher os olhos e Tite sabia que a equipe precisaria render mais para vencer o bom Cerro Porteño, tradicional adversário paraguaio e acostumado a disputar a Libertadores.

Sabendo do desafio e contando com time completo a disposição, com exceção do volante Elias, machucado, Tite armou um time ofensivo, pronto para aproveitar os espaços oferecidos pelo Cerro.

No primeiro tempo, a estratégia deu certo e o Timão se mostrou muito perigoso no contra-ataque e na bola parada, assustando o gol do time paraguaio até abrir o placar aos 12 minutos com André, que aproveitou rebote do goleiro Anthony Silva em falta cobrada por Lucca.

André, contratado na pré-temporada para o lugar de Vagner Love, hoje do Monaco, da França, foi o grande protagonista do primeiro tempo e, além do gol, acertou a trave em belo chute de fora de área, aos 23.

O ex-atacante de Santos, Sport e Atlético Mineiro também foi decisivo no segundo tempo, mas negativamente.

Aos 6 minutos, logo após o Cerro Porteño conseguir empatar a partida com Beltrán numa forte cabeçada, André perdeu a cabeça e acertou o rosto de Bonet numa dividida. Como já havia sido advertido na primeira etapa, recebeu o segundo cartão amarelo e foi mais cedo para o vestiário.

- Pressão e virada -Com um jogador a mais, o Cerro e o ótimo meia Sergio Díaz mandaram no jogo, armando uma forte pressão e obrigando Cássio a fazer boas defesas para evitar a derrota.

Muito nervoso em campo, abusando de faltas para parar o jogo e não permitir a reação paraguaia, o Timão acabou perdendo a cabeça. Aos 27, Rodriguinho fez falta violenta em Estigarríbia e também foi expulso.

Com dois jogadores a menos, não houve jeito. Díaz, joia de 18 anos do Cerro que a cada toque na bola infernizava a zaga do Corinthians, virou o jogo em bela jogada individual, aos 29 minutos.

O clube paraguaio ainda aumentou a vantagem aos 37 minutos, novamente com Beltrán, que driblou o zagueiro Felipe e chutou rasteiro na saída de Cássio.

Com a vitória praticamente garantida, o Cerro relaxou e deu a oportunidade do Timão diminuir aos 42 em cobrança de pênalti de Giovanni Augusto, depois de falta na área cometida em Yago.

Mas não houve tempo -e cabeça- para reagir e o Corinthians, que segue em posição confortável no Grupo 8, já que ainda disputará dois dos últimos três jogos em casa, só precisa esfriar a cabeça para buscar na Arena de Itaquera a vaga nas oitavas de final.

am

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo