Esporte

Diego Costa corre risco de ser punido por 'conducta inadequada'

14/03/2016 16h50

Londres, 14 Mar 2016 (AFP) - A federação inglesa de futebol abriu nesta segunda-feira um expediente disciplinar contra Diego Costa, pelo ataque de fúria que o atacante brasileiro naturalizado espanhol teve no sábado, na derrota por 2 a 0 do Chelsea para o Everton.

"Presume-se que seu comportamento, depois de receber o segundo cartão amarelo, foi uma conduta inadequada", informou a Federação inglesa num comunicado, ressaltando que o jogador tem até o dia 18 de março para apresentar sua defesa.

A partida era válida pelas quartas de final da Copa da Inglaterra, e o sergipano foi expulso nos minutos finais, após se envolver numa confusão com Gareth Barry.

Aos 39 do segundo tempo, Diego Costa sofreu falta do volante do Everton, se levantou e pegou a cabeça do adversário, aproximando sua boa, como se tentasse mordê-lo.

Barry garantiu no domingo que não foi mordido, mas os problemas do atacante do Chelsea não param por aí. Ele também foi acusado de cuspir aos pés do árbitro, depois de receber um cartão amarelo, no primeiro tempo.

Além disso, Diego Costa também foi acusado de ter ofendido a torcida do Everton com um gesto obsceno no intervalo.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo