Esporte

F1 acaba com novo formato de treinos classificatórios

20/03/2016 02h28

Melbourne, 20 Mar 2016 (AFP) - Depois do fiasco da tentativa de mudança do formato de treinos classificatórios que entrou em vigor no sábado, no Grande Prêmio da Austrália os diretores de escuderias de Fórmula 1 decidiram na unanimidade voltar para o modelo de disputa antigo, numa reunião realizada neste domingo, pouco antes da corrida, em Melbourne.

No próximo treino classificatório, marcado para o dia 2 de abril, no Bahrein, a modalidade usará novamente o formato com três sessões (Q1,Q2 e Q3), sem o polêmico sistema de eliminação a cada 90 segundos.

A decisão ainda precisa ser validade pelo Grupo Estratégico da F1 e pela Federação Internacional de Automobilismo, mas vários dirigentes deixaram claro que não há dúvida que será aplicada.

No sábado, no circuito Albert Park, o formato novo tinha até dado mais emoção ao Q1 e ao Q2, obrigando todos os carros a ir mais cedo para a pista, mas o Q3, momento mais aguardado pelos fãs, terminou um anticlimax constrangedor.

Pra economizar pneus para a corrida, praticamente todos os pilotos desistiram de lutar pela pole, inclusive Sebastian Vettel e Kimi Raikkonen, da Ferrari, que abandonaram a disputa a quatro minutos do fim.

"A F1 vai ter que pedir desculpas aos fãs", resumiu Christian Horner, diretor da Red Bull.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo