Esporte

Suárez volta ao Uruguai para enfrentar Brasil e Peru

21/03/2016 20h11

Canelones, Uruguai, 21 Mar 2016 (AFP) - O Uruguai iniciou os treinamentos para enfrentar Brasil e Peru pelas eliminatórias sul-americanas, nesta segunda-feira, com a maioria de seu plantel no gramado, incluindo o craque Luis Suárez, após uma ausência de quase dois anos por suspensão.

O atacante do Barcelona se mostrou descontraído e brincou com seus colegas durante os exercícios que marcaram o primeiro dia de treino da equipe do técnico Oscar Tabárez para enfrentar o Brasil, no dia 25 de março, no Recife, e o Peru, no dia 29, no Uruguai.

O artilheiro volta à seleção após uma suspensão por nove partidas imposta pela Fifa por morder o italiano Giorgio Chiellini durante a Copa do Mundo do Brasil.

"Como já ocorreu em outras oportunidades (...) ele vem conquistando coisas e estar no Barcelona" lhe permitiu incorporar "coisas". Além do mais, "demonstrou que supera desafios e, obviamente, os números mostram o que tem feito", resumiu Tabárez em entrevista coletiva nesta segunda-feira.

Suárez "vem com tudo isto (...) deve ter emoções (...) deve ter muita coisa na cabeça por ter ficado ausente da seleção. Um dos nossos objetivos é que ele pense apenas em jogar futebol", acrescentou Tabárez.

O técnico assinalou que contra o Brasil será uma "partida difícil". "Trataremos de controlar seus pontos fortes e de criar problemas" para a seleção brasileira, que está crescendo na competição.

"Devemos tratar de nos preparar o melhor possível para esta partida tão importante contra o Brasil", um adversário que "teremos que tratar de limitar porque tem muitos pontos fortes" e exigirá "muita intensidade".

Apesar de contar com Suárez e com Edinson Cavani, do PSG francês, para completar sua poderosa linha de frente, Tabárez tem problemas na sua retaguarda diante do acúmulo de lesões e punições.

Além de perder Diego Godín (Atlético de Madrid), por lesão, Tabárez sofreu agora três novas baixas: Emiliano Velázquez (Getafe) apresenta "uma lesão muscular", José María Giménez enfrenta um problema similar e o lateral Mathías Corujo, da Universidade do Chile, foi operado de uma apendicite no sábado.

Maximiliano Pereira, lateral do Porto, também não poderá jogar, por acúmulo de cartões amarelos.

O Uruguai viaja nesta quarta-feira ao Recife.

O Equador lidera as eliminatórias, com 12 pontos, seguido por Uruguai, 9, e Brasil, Paraguai e Chile, os três com sete unidades.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo