Esporte

Inter-Udinese: nenhum jogador italiano em campo

24/04/2016 12h09

Roma, 24 Abr 2016 (AFP) - A partida disputada no sábado entre a Inter de Milão e a Udinese (3-1) entrou para a história como a primeira da Serie A que não contou com sequer um jogador italiano nos times titulares de ambas as equipes.

No momento em que foi dado o pontapé inicial da partida, estavam em campo do estádio San Siro seis brasileiros, três franceses, dois colombianos, um argentino, um croata, um ganês, um japonês, um grego, um malinense, um montenegrino, um português, um sérvio, um esloveno e um suíço. O único italiano em campo era o árbitro Domenico Celi.

De acordo com o diário esportivo La Gazzetta dello Sport, trata-se da primeira vez na história da Serie A em que nenhum dos 22 jogadores titulares de um jogo não eram italianos.

A Gazzetta lembra de apenas um caso similar em grandes ligas europeias: um Portsmouth-Arsenal da Premier League em 2009.

Mais da metade dos jogadores da Serie A são estrangeiros (56%). Um problema frequentemente apontado pelo técnico da seleção italiana, Antonio Conte, como causa da decadência do futebol do país.

Nesta temporada, o regulamento obriga que dos 25 jogadores do elenco, quatro sejam formados pelo clube e quatro sejam formados na Itália.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo