Esporte

Jogadores de clube russo entram em greve por falta de pagamento

27/04/2016 06h54

Moscou, 27 Abr 2016 (AFP) - Os jogadores do Mordovia Saransk, clube da primeira divisão russa, se recusaram a treinar como forma de protesto depois que o atraso no pagamento dos salários chegou a três meses.

"É uma decisão conjunta dos jogadores", disse o técnico Marat Mustafin ao jornal Sport Express.

"Esperamos uma reunião em breve com a direção do clube. O problema tem que ser resolvido", completou.

O Mordovia Saransk é o lanterna do campeonato russo, com 18 pontos em 25 partidas. A equipe está a dois pontos da 14ª posição, que permite disputar uma repescagem pela permanência na divisão de elite. Faltam apenas cinco rodadas para o fim da Liga.

O clube não vence uma partida desde 6 de novembro.

A diretoria garantiu que a partida do próximo domingo contra o líder Rostov não está em risco e descartou a possibilidade de boicote.

Além disso, prometeu solucionar a questão no prazo de uma semana.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo