Esporte

Firmino brilha e Liverpool impede final espanhola na Liga Europa

05/05/2016 19h02

Liverpool, 5 Mai 2016 (AFP) - Ignorado por Dunga na convocação da seleção brasileira para a Copa América do Centenário, Roberto Firmino teve uma grande atuação nesta quinta-feira, na vitória por 3 a 0 do Liverpool sobre o Villarreal que colocou os 'Reds' na final da Liga Europa, revertendo a derrota por 1 a 0 da partida de ida.

Na decisão, marcada para o dia 18 de maio, na Basileia, o time inglês decidirá o título com o atual bicampeão, Sevilla.

Na outra semifinal, o time andaluz venceu o Shakhtar Donetsk em casa por 3 a 1, com direito a gol brasileiro, marcado por Mariano, depois do empate em 2 a 2 na Ucrânia.

Ao eliminar o 'Submarino Amarelo' no 'clássico dos Beatles', o Liverpool impediu que as duas competições continentais da Europa tenham finais 100% espanholas, já que a Liga dos Campeões será novamente um dérbi madrilenho entre Real Madrid e Atlético, como em 2014.

Por mais que o Liverpool tenha muito mais tradição do que o Sevilla, por ostentar cinco títulos da Champions, o time andaluz leva a melhor no número de troféus da Liga Europa, por ter vencido a competição quatro vezes (2006, 2007, 2014 e 2015), contra 'apenas' três dos 'Reds' (1973, 1976 e 2001).

- Recado de Firmino a Dunga -Em Anfield, os comandados de Jurgen Klopp precisavam da vitória, uma semana após sair da Espanha com uma derrota frustrante, ao levar um gol nos acréscimos.

Com o apoio da sua fanática torcida, o Liverpool tomou logo as rédeas do jogo e precisou de apenas seis minutos para abrir o marcador, com um gol contra de Bruno Soriano.

Em bate-rebate na área do 'Submarino Amarelo', a bola chegou aos pés de Roberto Firmino, que cruzou forte e rasteiro. Sturridge apareceu para escorar e dividiu com Soriano, que acabou desviando para as próprias redes.

Firmino e Sturridge também foram decisivos nos outros dois gols do Liverpool.

Aos 18, o atacante brasileiro tentou um chute de primeira da entrada da área que acabou se transformando em assistência para o inglês fuzilar o goleiro Areola.

Cinco minutos depois, Firmino levantou a torcida com um drible espetacular e rolou para Lallana, que finalizou para fora.

Lallana se redimiu aos 36, em outra jogada iniciada por Firmino. O alagoano recebeu do também brasileiro Coutinho, esse sim, convocado por Dunga para a Copa América, e cruzou na medida na direção de Sturridge, que finalizou mal, mas viu Lallana completar para as redes, selando de vez a classificação dos 'Reds'.

Grande nome da partida, Firmino foi substituído pelo compatriota Lucas Leiva a dois minutos do fim para receber a ovação da torcida.

"Foi uma noite maravilhosa, jogamos de forma brilhante. Todo mundo falava sobre os problemas dessa equipe antes da minha chegada, das contratações que não deram resultado, mas eu vim porque gostava do elenco e agora estou na final", afirmou Klopp, que assumiu o comando do Liverpool em outubro, depois da demissão de Brendan Rodgers.

Nas quartas de final, o treinador alemão viveu um grande momento de emoção, ao eliminar o Borussia Dortmund, clube que comandou com sucesso durante sete anos (2008-2015), com direito a uma vitória antológica em Anfield (4-3) em partida que chegou a perder por 2 a 0.

- Três gols brasileiros na Espanha -Na Espanha, o Sevilla também construiu a classificação com um gol marcado muito cedo.

Com apenas nove minutos de bola rolando, o francês Kevin Gameiro aproveitou uma bobeada da defesa do Shakhtar, ficou cara a cara com o goleiro e não perdoou.

O time ucraniano deixou tudo igual aos 44, quando o brasileiro naturalizado croata Eduardo da Silva recebeu ótima enfiada de bola de Marlos e tocou na saída do goleiro.

O gol logo antes do intervalo deixou a torcida andaluz preocupada, mas o Sevilla tratou de tranquilizá-la com dois gols no início da segunda etapa.

Aos 8, Gameiro recebeu lindo lançamento de trivela de Krychowiak, invadiu a área e driblou o goleiro antes de empurrar a bola para as redes, anotando seu segundo gol na partida.

O terceiro do Sevilla saiu aos 13, dos pés de Mariano, que acertou um belo chute da entrada da área para acabar de vez com as esperanças do Shakhtar.

"Foi um belo gol e estou muito feliz. Deu para curtir bastante. Agradeço a torcida, vamos todos juntos à Basileia", vibrou o lateral revelado no Fluminense.

"Jogamos futebol para viver esse tipo de momentos. É um dias especial porque estamos na final, estou muito feliz pelo clube. Foi muito difícil chegar a este nível e temos que saborear o momento", reagiu Gameiro, que tem sido o grande destaque do Sevilla nesta temporada.

Ao contrário de Firmino, que foi descartado por Dunga, o francês espera ter convicido o técnico Didier Deschamps, a uma semana do anúncio dos convocados para a Eurocopa, que os 'Bleus' disputarão em casa.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo