Esporte

Platini estuda recorrer ao Tribunal Europeu de Direitos Humanos

10/05/2016 20h43

Paris, 10 Mai 2016 (AFP) - Michel Platini está estudando a possibilidade de recorrer ao Tribunal Europeu de Direitos Humanos para apelar da suspensão de quatro anos de toda atividade relacionada ao futebol, confirmou nesta terça-feira uma fonte próxima ao ex-dirigente à AFP.

Platini "estuda seriamente, entre várias opções, apelar ao Tribunal Europeu de Direitos Humanos para denunciar que o estão impedindo de trabalhar", informou uma fonte próxima ao ex-dirigente.

O Tribunal Arbitral do Esporte (TAS), a mais alta entidade jurídica esportiva, reduziu na segunda-feira a punição da Fifa a Platini, de seis para quatro anos de suspensão, por um polêmico pagamento de 1,8 milhão de euros da Fifa ao ex-jogador francês por suposto trabalho de assessoria.

Após confirmar a punição, Platini entregou oficialmente o cargo de presidente da Uefa e não poderá assistir, salvo como torcedor, à Eurocopa que será sediada pela França entre os dias 10 de junho e 10 de julho.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo