Esporte

Ibrahimovic anuncia que vai deixar o Paris Saint-Germain

13/05/2016 17h51

Paris, 13 Mai 2016 (AFP) - O sueco Zlatan Ibrahimovic anunciou nesta sexta-feira em sua conta no Twitter que está de saída do Paris Saint-Germain, com o qual tem contrato até o fim da temporada.

"Minha última partida, amanhã no Parc des Princes. Eu vim como um rei, saio como uma lenda", escreveu o nada modesto atacante em sua conta no Twitter.

Tudo começou e terminou com uma frase marcante, ao estilo do giante atacante de 1,95 m de altura e 95 quilos: "Não conheço a Ligue 1, mas a Ligue 1 me conhece", declarou ao ser apresentado pelo PSG em 2012.

O clube parisiense oficializou a saída do astro e afirmou que "quando encerrar a carreira, Ibra irá se unir ao quadro gestor do clube para assumir um cargo de responsabilidade".

"O clube e o jogador decidiram mutuamente não renovar o contrato que unia ambas as partes até 30 de junho de 2016", escreveu o PSG em comunicado. "Chegou o momento para mim de seguir um novo caminho", confirmou o atacante sueco no texto, sem informar onde pretende jogar na próxima temporada.

"Estou muito orgulhoso desses últimos quatro anos. Aproveitei cada dia que passei aqui. O PSG se tornou nos últimos anos um clube 'top' em escala internacional e eu fiz parte dessa metamorfose", continuou.

- "Voltarei!" -"Meu coração está com os torcedores. Eles foram ótimos desde o dia que cheguei. São os melhores torcedores da França. Não é um adeus, simplesmente um até breve. Voltarei!", concluiu Ibra.

O PSG, que garantiu matematicamente em março o quarto título consecutivo na liga francesa, enfrentará o Nantes no sábado em sua última partida da temporada.

O astro de 34 anos chegou ao PSG em 2012 procedente do Milan. O sueco se destacou tanto por sua habilidade dentro de campo, como pelas polêmicas fora dos gramados.

Com o PSG conquistou quatro títulos do campeonato francês, uma Copa da França e três Copas da Liga.

Mas também será recordado por frases como "país de merda", em referência à França, após a derrota de 3-2 para o Bordeaux em março de 2015.

"Em 15 anos, nunca vi um árbitro como este. Neste país de merda. Este país não merece o PSG", disse, furioso, na ocasião.

'Ibra' foi o líder do PSG da era dominada pelo dinheiro do Catar, iniciada com a compra do clube em 2011. Mas com ele, o clube não conseguiu superar as quartas de final da Liga dos Campeões, grande objetivo dos novos proprietários do clube parisiense.

O sueco ainda disputará duas partidas pelo PSG, contra o Nantes no sábado e a final da Copa da França contra o Olympique de Marselha em 21 de maio. Ibra fez 151 gols pelo clube.

cto-pgr/fp/am

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo