Esporte

Anúncio da chegada de Guardiola perturbou equipe, diz técnico do City

15/05/2016 16h48

Londres, 15 Mai 2016 (AFP) - O técnico do Manchester City, Manuel Pellegrini, revelou neste domingo, que o anúncio da chegada de Josep Guardiola para substituí-lo na próxima temporada teve consequências nefastas no ambiente dentro da equipe.

"Eu queria ser campeão inglês este ano, mas, desde fevereiro, quando o clube anunciou a chegada do novo treinador, o ambiente já não era mais o mesmo", confessou o chileno, ressaltando que o time "perdeu dois jogos em casa" depois daquele momento.

"A única opção para hoje era somar um ponto para garantir a vaga na Liga dos Campeões", explicou Pellegrini, após o empate em 1 a 1 deste domingo contra o Swansea.

Com o resultado, os "Citizens" encerraram sua campanha na Premier League em quarto lugar, sinônimo de classificação para a fase preliminar da Champions.

Mesmo com o ambiente abalado pelo anúncio da chegada de Guardiola, os comandados de Pellegrini fizeram ótima campanha na competição continental deste ano, chegando às semifinais pela primeira vez na história do clube, antes de serem eliminados pelo Real Madrid.

Já Guardiola se despediu da Bundesliga alemã no último sábado, levando o tradicional banho de cerveja na comemoração de seu terceiro título alemão em três anos, o quarto seguido do Bayern.

O espanhol poderia até ter decidido a final da Champions contra o futuro clube, mas, como os "Citizens", os bávaros foram eliminados na semi por outro time madrilenho, o Atlético.

Neste domingo, Pep declarou seu amor a Munique, com grito de "adoro essa cidade", mas pediu desculpas por não ter conseguido o título europeu com o Bayern, com três eliminações seguidas nas semifinais, sempre diante de times espanhóis - Real Madrid, em 2014; Barcelona, em 2015; e Atlético, em 2016.

"Estou orgulhoso, mas um time como o Bayern precisa ganhar absolutamente tudo. Quando isso não acontece em três semanas, outro treinador precisa vir. O fato de não ter conquistado a Champions dói. Meu trabalho não foi perfeito", completou Guardiola, que será substituído pelo italiano Carlo Ancelotti ao final da temporada.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo