Esporte

Coutinho-Firmino, ginga brasileira a serviço do Liverpool

17/05/2016 17h23

Basiléia, Suíça, 17 Mai 2016 (AFP) - Para acabar com a seca de 11 anos sem conquistar um título continental, o Liverpool aposta na criatividade da dupla brasileira formada por Philippe Coutinho e Roberto Firmino na final da Liga Europa, contra o Sevilla, nesta quarta-feira, na Basileia.

Nenhum dos dois ficou marcado pelo fracasso da seleção na Copa do Mundo de 2014 e ambos fazem parte da renovação iniciada por Dunga, embora apenas Coutinho tenha sido convocado para a Copa América do Centenário, que será disputada em junho, nos Estados Unidos.

Firmino chegou a fazer parte da pré-convocação, mas acabou ficando fora da lista definitiva, anunciada no dia 4 de maio.

No dia seguinte, o alagoano não se abalou e fez questão de mostrar ao treinador que não é carta fora do baralho ao brindar a torcida do Liverpool com uma grande atuação na vitória por 3 a 0 sobre o Villarreal que classificou os 'Reds' para a decisão da Liga Europa.

Coutinho também chega à final em alta, depois de ter sido eleito o melhor jogador do time na temporada.

Aos 23 anos, o jovem meia revelado no Vasco deixou sua marca em outro momento importante da campanha do Liverpool na Liga Europa, com um lindo gol por cobertura no empate em 1 a 1 com o Manchester United, em pleno Old Trafford, na partida de volta das oitavas de final.

"Ele é um gênio", resumiu o técnico Jürgen Klopp no ano passado. Coutinho, que já era destaque do time sob o comando de Brendan Rodgers, antecessor do alemão, não esconde a admiração pelo novo treinador.

"Ele nos ajuda a ser melhores jogadores. Pouco a pouco, é possível notar isso em campo e as outras equipes perceberam que conseguimos nos adaptar à sua filosofia de jogo", analisou o camisa 10 do Liverpool.

Nas quartas de final da competição continental, os 'Reds' eliminaram o Borussia Dortmund, ex-clube de Klopp, com vitória antológica por 4 a 3 depois de perder por 2 a 0, e uma das imagens marcantes foi o forte abraço que o técnico deu ao meia depois da partida.

Paciência premiadaKlopp também tem muito carinho por Firmino, de 24 anos, que disputa sua primeira temporada com o Liverpool e teve o mérito de se firmar na equipe depois de um início complicado.

"O que Roberto Firmino nos ensina é que as coisas sempre podem melhorar. Nunca é bom ter avaliação precipitada sobre o desempenho de um novo jogador", ressaltou o alemão.

Contra o Villarreal, o atacante teve participação direta nos três gols do Liverpool e levantou a torcida com um drible espetacular no espanhol Roberto Soldado.

Apesar das críticas constantes pela falta de pontaria, Firmino terminou a temporada como maior artilheiro do clube na Premier League, com dez gols, contra oito de Coutinho.

Na Liga Europa, o alagoano marcou apenas uma vez, mas deu três assistências, contra um dois gols e um passe decisivo do compatriota.

O Liverpool tem outro brasileiro no seu elenco, o experiente Lucas Leiva, que está no clube desde 2007. Menos utilizado por Klopp, o ex-gremista costuma entrar no decorrer das partidas por ter um perfil bastante versátil, podendo ser escalado tanto no meio de campo quanto na defesa.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo