Esporte

Klopp, a magia do 'guru' alemão do Liverpool

17/05/2016 17h24

Londres, 17 Mai 2016 (AFP) - Oito meses depois de assumir o comando do Liverpool, Jürgen Klopp devolveu a alegria à fanática torcida dos 'Reds' com uma trajetória épica na Liga Europa, que pode ter seu desfecho com o primeiro título continental do clube em 11 anos, nesta quarta-feira, na Basileia.

"É um dos poucos caras com os quais tenho vontade de bater um papo", declarou recentemente Darren Clarke, técnico da seleção europeia de golfe, que pretende chamá-lo para motivar seus atletas no desafio com da Ryder Cup contra os Estados Unidos.

"Ele é uma pilha, uma bola de energia que pode contagiar todo mundo ao redor. Não existe coisa melhor para motivas as pessoas", enfatizou.

De fato, quando o alemão de 48 anos chegou ao Liverpool em outubro, com seu jeitão de maluco beleza e seus métodos pouco convencionais, poucos acreditavam que o time da terra dos Beatles disputaria a final da Liga Europa contra o atual bicampeão Sevilla.

Promessa de muitas finaisKlopp se apresentou na Inglaterra como 'The Normal One' (o cara normal), para contrastar ao máximo com o estilo ególatra do português José Mourinho, autoproclamado 'The Special One' (o cara especial).

O alemão, que parecia disposto a tirar um ano sabático completo depois de sete anos no comando do Borussia Dortmund, parece mais exuberante do que nunca, vibrando como um torcedor a cada gol que aproxima o Liverpool do fim do jejum em competições europeias.

O clube inglês ostenta nada menos de cinco títulos da Liga dos Campeões, o último deles em 2005, e três da Liga Europa (1973, 1976 e 2001), mas não levanta um troféu sequer desde a inexpressiva Copa da Liga, em 2012.

Klopp pode se tornar o sexto treinador do Liverpool a alcançar a glória europeia, além de imitar Joe Fagan e Rafael Benitez, que conseguiram o feito logo na primeira temporada, em 1984 e 2005.

A diferença é que ambos começaram a temporada no comando dos 'Reds', o que não foi o caso do alemão.

Apesar do pouco tempo no cargo, o treinador disputará nesta quarta-feira sua segunda final com o Liverpool, depois de amargar o vice-campeonato da Copa da Liga ao perder nos pênaltis para o Manchester City.

"Antes daquele jogo, ele disse: 'essa é a primeira de uma longa série de finais que vamos disputar juntos", lembrou o meia Adam Lallana. "Pela forma com que ele disse isso, era impossível não acreditar. Isso mostra toda a confiança que ele tem e isso deixa uma marca na equipe. A escalação pode mudar, mas basta ver o estilo de jogo para dizer: 'isso é um time de Klopp'", completou.

Um time 'diferente'Para chegar à decisão, o Liverpool teve um caminho bastante complicado. Eliminou o grande rival Manchester United nas oitavas de final, antes do confronto épico contra o Borussia Dortmund, um grande momento de emoção para o treinador.

Klopp foi ovacionado de pé pela torcida do clube alemão na partida de ida, no Westfalenstadion, mas não se conteve nem um pouco para vibrar na classificação épica conquistada em Anfield, com vitória por 4 a 3 depois de perder por 2 a 0.

Na semifinal, o técnico alemão foi capaz de motivar o time para mais uma virada, revertendo a derrota por 1 a 0 para o Villarreal com um triunfo por 3 a 0 em casa.

Na decisão, os 'Reds' terão pela frente outro adversário espanhol, o Sevilla, especialista da Liga Europa, que ganhou a competição quatro vezes nos últimos dez anos.

"O Sevilla é um time experiente e estará preparado, mas o fato de ser o atual bicampeão não garante nenhuma vantagem. É a primeira vez que eles nos enfrentam e isso é uma vantagem para nós, porque somos um time diferente dos outros", avisou Klopp.

O último título do Liverpool na competição foi em 2001, contra outro time espanhol o Alavés, numa final antológica vencida por 5 a 4.

Na Liga dos Campeões, a final de 2005 ficará marcada para sempre pelo seu roteiro inacreditável, com vitória nos pênaltis sobre o Milan, apesar de sair perdendo por 3 a 0 no intervalo.

Com o perfil do técnico atual dos 'Reds', o torcedor pode se preparar para viver outra noite de muitas emoções.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo