Esporte

Ex-presidente do Bayern diz que Guardiola não teve o reconhecimento que merece

23/05/2016 19h23

Berlim, 23 Mai 2016 (AFP) - O ex-presidente do Bayern de Munique, Uli Hoeness, que saiu de prisão em março depois de cumprir pena por fraude fiscal, declarou nesta segunda-feira que o técnico Josep Guardiola "não obteve o reconhecimento merecido" pelo trabalho efetuado por três ano no comando do time bávaro.

"Estou muito feliz por ele, pelo fato dele se despedir com uma 'dobradinha'", elogiou Hoeness em entrevista ao canal alemão Sport1.

No último sábado, o treinador espanhol foi às lágrimas quando conquistou a Copa da Alemanha, com vitória nos pênaltis sobre o grande rival Borussia Dortmund, depois de se sagrar campeão da Bundesliga pela terceira vez seguida.

"Não acho que ele obteve o reconhecimento merecido depois de tudo que ele conquistou em três anos na Alemanha", lamentou o ex-dirigente.

No total, o Bayern conquistou sete troféus na era Guardiola. Além do tricampeonato na Bundesliga, abocanhou duas Copas da Alemanha (2014 e 2016), além da Supercopa da Europa e do Mundial de Clubes, ambos em 2013.

Esses dois títulos internacionais, porém, foram decorrentes do triunfo na Liga dos Campeões do mesmo ano, quando o time ainda era comandado por Jupp Heynckes.

Guardiola não conseguiu erguer a 'Taça Orelhuda' com o clube bávaro. Caiu três vezes nas semifinais, sempre diante de adversários espanhóis (Real Madrid em 2014, Barcelona em 2015 e Atlético de Madri neste ano).

"Não consigo entender porque ele foi criticado tantas vezes", indagou Hoeness. "O clube sempre quis ser um protagonista do futebol mundial e isso foi possível graças à contratação de Guardiola", enfatizou.

O espanhol de 45 anos treinará o Manchester City na próxima temporada e será substituído no Bayern pelo italiano Carlo Ancelotti.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo