Esporte

Serena bate Teliana em Roland Garros; Djoko e Nadal alcançam marcas simbólicas

26/05/2016 16h49

Paris, 26 Mai 2016 (AFP) - A brasileira Teliana Pereira não foi páreo para a número um do mundo, a americana Serena Williams, nesta quinta-feira, na segunda rodada de Roland Garros, enquanto os favoritos no masculino alcançaram marcas simbólicas, com a 50ª vitória de Novak Djokovic no torneio e a 200ª de Rafael Nadal em Grand Slams.

Com a eliminação de Teliana, não há mais brasileiros nas chaves de simples, depois das eliminações de Thomas Bellucci e Rogério Dutra Silva logo na primeira rodada.

A pernambucana saiu perdendo por 4 a 0 no primeiro set, mas chegou a surpreender ao vencer dois games seguidos, garantindo a quebra no segundo com uma bela 'deixadinha'.

Apesar desse lampejo, Teliana não conseguiu acompanhar o ritmo da líder do ranking e foi eliminada em 1 hora e seis minutos de jogo.

"Entrei em quadra tranquila e tentei jogar meu tênis, mas é sempre complicada enfrentar uma adversária como Serena porque você se sente pressionada o tempo todo. Pelo menos, eu dei um pouquinho de trabalho, está valendo", comentou a tenista de 27 anos, que deixou a quadra sorridente apesar da derrota.

"É muito complicado enfrentar Serena, você não sabe o que esperar. Ela é a melhor do mundo. Estou feliz pela experiência, era minha primeira vez contra ela", completou.

Para a brasileira, enfrentar uma das maiores tenistas da história na quadra Suzanne Lenglen, a segunda mais importante de Roland Garros, já era uma vitória.

Já Serena continua a caminhada rumo ao recorde de títulos em Grand Slams (22) de Steffi Graf. Na próxima fase, a caçula das irmãs Williams dsputará uma vaga nas oitavas de final com a vencedora do duelo entre a francesa Kristina Mladenovic (30ª) e a húngara (45ª) Timea Babos.

Sua irmã mais velha Venus, de 35 anos, também continua viva no torneio, com vitória pelo mesmo placar de Serena sobre Teliana (6-2 e 6-1), diante da jovem compatriota Louisa Chirico (78ª), de vinte anos.

Houve apenas uma surpresa no feminino, com a derrota da alemã Andrea Petkovic, 28ª cabeça de chave, atropelada por duplo 6-2 pela cazaque Yulia Putintseva (60º).

Nadal a ponto de balaNo masculino, Djoko não mostrou sua melhor versão contra o belga Steve Darcis (161º), que superou em três sets apertados, com parciais de 7-5, 6-3 e 6-4.

O número um do mundo, que espera ganhar a competição pela primeira vez depois de amargar três vice-campeonatos (2012, 2014, 2015), cometeu muitos erros não forçados (42) e desperdiçou sete break points, um número inabitual para um tenista que costuma mostrar frieza nos momentos decisivos.

"Não foi fácil impor o jogo que eu desejava. Ele colocou muita velocidade nas suas bolas e é um ótimo jogador de fundo de quadra", analisou.

Mesmo assim, a 50ª vitória no saibro parisiense não exigiu muito fisicamente e o sérvio deve chegar inteiro para disputar uma vaga nas oitavas de final com o britânico Aljaz Bedene (66º).

Já Nadal, que busca seu décimo título em Roland Garros, deu mais um passeio na quadra Philippe Chatrier, precisando apenas de 1h44 para despachar o argentino Facundo Bagnis (99º), por 6-3, 6-0 e 6-3.

O número 5 do mundo deixou escapar apenas nove games em dois jogos, depois de ter atropelado o australiano Sam Groth por triplo 6-1 na estreia.

O espanhol estava tão tranquilo que nem sabia que estava alcançando uma marca histórica. "Não sabia que era minha 200ª vitória em Grand Slams, mas para mim, é apenas mais um número. Ganhei uma partida na segunda rodada e agora preciso manter o foco para ganhar a próxima", declarou o 'Rei Saibro'.

"Estou me sentindo melhor do que no ano passado. Nesta temporada, joguei melhor contra os melhores do mundo. Eu queria ser competitivo para Roland Garros porque é um torneio especial para mim, completou Nadal.

'Rafa' enfrentará na terceira rodada o compatriota Marcel Granollers (2005º), que superou o francês Nicolas Mahut (44º) abandonou por lesão depois de estar perdendo por 6-3, 6-2 e 6-1.

Como no feminino, apenas um cabeça de chave caiu nesta quinta-feira, o português João Sousa (N.26) perdeu por 6-2, 7-5, 6-3 para Ernests Gulbis (80º).

O resultado não é necessariamente uma surpresa, já que o letão foi número 17 do mundo no passado e é considerado há muito tempo um dos tenistas mais talentosos do circuito, apesar de ter resultados muito irregulares.

Gulbis enfrentará na terceira rodada o francês Jo-Wilfried Tsonga (N.6). O tenista da casa passou perto da derrota ao sair perdendo por 2 sets a 0 para o cipriota Marcos Baghdatis, mas acabou garantindo a virada por 6-7 (6/8), 3-6, 6-3, 6-2, 6-2, em 3h26.

O veterano David Ferrer (N.11) também começou mal seu duelo com o argentino Juan Monaco, mas venceu por 6-7 (4/7), 6-3, 6-4 e 6-2.

--Resultados desta quinta-feira em Roland Garros

Simples masculino (2ª rodada):

Novak Djokovic (SRV/N.1) x Steve Darcis (BEL) 7-5, 6-3, 6-4

Aljaz Bedene (GBR) x Pablo Carreño (ESP) 7-6 (7/4), 6-3, 4-6, 5-7, 6-2

Borna Coric (CRO) x Bernard Tomic (AUS/N.20) 3-6, 6-2, 7-6 (7/4), 7-6 (8/6)

Roberto Bautista (ESP/N.14) x Paul-Henri Mathieu (FRA) 7-6 (7/5), 6-4, 6-1

David Ferrer (ESP/N.11) x Juan Mónaco (ARG) 6-7 (4/7), 6-3, 6-4, 6-2

Feliciano López (ESP/N.21) x Víctor Estrella (DOM) 6-3, 7-6 (10/8), 6-3

Pablo Cuevas (URU/N.25) x Quentin Halys (FRA) 7-6 (7/4), 6-3, 7-6 (8/6)

Tomas Berdych (RTC/N.7) x Malek Jaziri (TUN) 6-1, 2-6, 6-2, 6-4

Rafael Nadal (ESP/N.4) x Facundo Bagnis (ARG) 6-3, 6-0, 6-3

Marcel Granollers (ESP) x Nicolas Mahut (FRA) 6-3, 6-2, 1-0 (abandono)

Alexander Zverev (ALE) x Stéphane Robert (FRA) 6-1, 3-6, 6-1, 6-4

Dominic Thiem (AUT/N.13) x Guillermo Garcia-Lopez (ESP) 7-5, 6-4, 7-6 (7/3)

Ernests Gulbis (LAT) x João Sousa (POR/N.26) 6-2, 7-5, 6-3

David Goffin (BEL/N.12) x Carlos Berlocq (ARG) 7-5, 6-1, 6-4

Nicolas Almagro (ESP) x Jiri Vesely (RTC) 6-4, 6-4, 6-3

Ernests Gulbis (LAT) x João Sousa (POR/N.26) 6-2, 7-5, 6-3

Jo-Wilfried Tsonga (FRA/N.6) bat Marcos Baghdatis (CYP) 6-7 (6/8), 3-6, 6-3, 6-2, 6-2

Simples feminino (2ª rodada):

Serena Williams (EUA/N.1) x Teliana Pereira (BRA) 6-2, 6-1

Ana Ivanovic (SRV/N.14) x Kurumi Nara (JAP) 7-5, 6-1

Carla Suarez (ESP/N.12) x Wang Qiang (CHN) 6-1, 6-3

Dominika Cibulkova (SVQ/N.22) x Ana Konjuh (CRO) 6-4, 3-6, 6-0

Yulia Putintseva (CAZ) x Andrea Petkovic (ALE/N.28) 6-2, 6-2

Karin Knapp (ITA) x Anastasija Sevastova (LAT) 6-3, 6-4

Kiki Bertens (HOL) x Camila Giorgi (ITA) 6-4, 6-1

Darya Kasatkina (RUS/N.29) x Virginie Razzano (FRA) 3-6, 6-1, 6-3

Pauline Parmentier (FRA) x Irina Falconi (EUA) 6-3, 6-1

Timea Bacsinszky (SUI/N.8) x Eugenie Bouchard (CAN) 6-4, 6-4

Elina Svitolina (UCR/N.18) x Taylor Townsend (USA) 6-3, 6-0

Madison Keys (EUA/N.15) x Mariana Duque (COL) 6-3, 6-2

Venus Williams (EUA/N.9) x Louisa Chirico (EUA) 6-2, 6-1

Kristina Mladenovic (FRA) x Tímea Babos (HUN) 6-4, 6-3

Alizé Cornet (FRA) x Tatjana Maria (GER) 6-3, 6-7 (5/7), 6-4

Monica Puig (PUR) x Julia Görges (GER) 7-5, 6-7 (4/7), 7-5.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo