Esporte

Principais trechos da entrevista de Benzema

01/06/2016 17h52

Madri, 1 Jun 2016 (AFP) - Seguem trechos destacados da entrevista de Karim Benzema, publicada nesta quarta-feira no jornal espanhol Marca, na qual o atacante do Real Madrid acusa o técnico Didier Deschamps de ter cedido "à pressão de uma parte racista da França" ao deixar de convocá-lo para a Eurocopa.

- 'Pressões'"Não, não acho (que Deschamps seja racista). Mas ele cedeu à pressão de uma parte racista da França. É preciso ressaltar quem a França, o partido extremista chegou ao segundo turno nas últimas eleições (a Frente Nacional, de extrema direita, chegou ao segundo turno de vários distritos em eleições regionais de 2015). Não sei, portanto, se é uma decisão apenas de Didier, por que eu me dou bem com ele e com o presidente da Federação Francesa (Noel Le Graet). E com todos, não tenho problemas com ninguém!"

"Sempre houve muita pressão, com certeza, mas isso também é culpa de alguns jornalistas que falaram na televisão coisas que não são verdade".

"Não sei se foi uma coisa de Didier ou do presidente, mas gostaria que eles decidam de fato e não se deixem levar por pressões. Parece que foi isso que aconteceu. Agora, como eu sempre disse, sempre torço pela França e desejo o melhor para todos".

- Eurocopa: o golpe 'mais duro'"Já acusei o golpe quando não fui convocado para a Copa do Mundo de 2010, mas esse da Eurocopa é mais duro ainda. É uma das grandes decepções que eu tive, sem dúvida alguma, mas já passei por muitos momentos difíceis na vida. Mas enfim, tenho que levantar de novo e quero chegar o mais longe possível na minha carreira".

"É duro, muito complicado, com certeza, porque do ponto de vista esportivo eu tinha um lugar nessa equipe. Depois inventaram histórias, mas é duro aceitar e esquecer de tudo isso. A sorte é que sempre senti que o Real Madrid estava do meu lado. Além disso, conquistamos a Liga dos Campeões, então já me sinto um pouco melhor".

- 'Injustiça'"Na vida, não se pode ser rancoroso, tem que se aprender com os erros, e, num momento como esse, refletir sobre as coisas. Agora, estou tranquilo, focado, ganhei o maior título possível com meu clube. A França vai se dar conta de que foi injusta comigo".

- Disposto a voltar a jogar pela França "Eles inventaram uma regra: disseram que virei 'não selecionável'. Mas do ponto de vista esportivo não entendo o porquê disso tudo e do ponto de vista judicial ainda não fui julgado. Quando serei considerado 'selecionável', se me quiserem, não tem problema. Gosto de futebol e gosto de jogar com minha seleção".

- Caso Valbuena "Nessa história, a única pessoa que sabe o que aconteceu, que sabe da verdade, é Valbuena. Ele desempenhou um papel, não disse a verdade, porque tudo vem daí. Eu tentei ajudá-lo, nada mais, e acabou se voltando contra mim" (Benzema foi indiciado pela justiça francesa por ter sido supostamente o intermediário de uma tentativa de extorsão de Valbuena, com chantagem de divulgação de um vídeo íntimo".

- Relação com Zidane e Benítez"Com Rafa (Benítez, ex-técnico do Real), eu me dava bem, mas é verdade que faltava um pouco de comunicação. Não conversávamos muito. A diferença é que, com Zidane (técnico atual), vejo que há mais confiança. Dá para ver isso em campo. Ele diz que tenho que jogar meu jogo, participar mais das jogadas e fazer gols".

"Não sinto que sou o protegido de Zidane. O fato de termos uma boa comunicação não significa nada. Apesar de eu considerá-lo como um irmão mais velho e do fato que conversamos bastante durante o trabalho, sei que se não estou bem, não vou jogar. É preciso dar seu máximo para jogar com ele".

- Futuro"Mais para frente, não sei onde eu iria. Não me vejo ir para outro lugar. Esse clube é top. Há outros que oferecem muito dinheiro, mas não me interessa. Eu gosto mesmo é de futebol e aqui é o melhor lugar para isso".

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo