Esporte

Jogo na República Tcheca é decidido com 52 cobranças de pênaltis

Em Praga

04/06/2016 19h00

Uma partida de futebol amador em uma divisão regional da República Tcheca teve um desfecho inusitado: uma disputa de pênaltis com nada menos de 52 cobranças, depois do empate em 3 a 3 no tempo normal.

O grande vencedor foi o SK Batov 1930, que superou o FC Frystak, por 22 a 21, depois de 26 cobranças de cada lado. Cada jogador teve que chutar duas vezes, alguns até três.

O Frystak teve três chances de garantir a vitória, quando a disputa estava empatada em 4-4, 11-11 e 14-14, mas os cobradores falharam e o Batov acabou levando a melhor quando Jan Hrebacka chutou por cima.

A reação dos 148 torcedores presentes era uma mistura de comemoração e alívio. Um deles foi ouvido gritando "até que enfim!".

De acordo com o jornal "DNES", o presidente do Frystak, Vratislav Rudolf, ameaçou ir embora depois da 41ª cobrança, alegando que estava "organizando um churrasco em casa".

O próprio Hrebacka, confessou que nem levou bronca dos companheiros. "Eles estavam felizes de voltar para casa", relatou.

A maior disputa de pênaltis no futebol profissional, registrada no livro dos recordes "Guinness" menciona 48 cobranças na final da Copa da Namíbia de 2015, vencida por 17 a 16 pelo KK Palace diante do Civic.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Esporte

Topo