Esporte

Sem Messi, Argentina dá troco no Chile em noite de Di María

07/06/2016 01h19

Santa Clara, Estados Unidos, 7 Jun 2016 (AFP) - Messi não foi a campo na estreia da seleção argentina na Copa América do Centenário, mas os 'Hermanos' contaram com o brilho de Ángel Di María, que teve atuação de gala na vitória por 2 a 1 sobre o atual campeão Chile, nesta segunda-feira, em Santa Clara, na reedição da final do ano passado.

Por ironia do destino, o meia do Paris Saint-Germian teve uma das noites mais inspiradas da sua carreira com a camisa 'alviceleste', em um dos momentos mais tristes da sua vida: poucas horas antes da partida, recebeu a notícia de que sua avó faleceu.

Depois de abrir o placar, aos cinco minutos do segundo tempo, 'El Fideo' não conteve as lágrimas e puxou uma camiseta debaixo do seu uniforme, com a mensagem: "vó, vou sentir muito sua falta".

Oito minutos depois, Di María ainda deu assistência para Ever Banega anotar o segundo, retribuindo o passe que recebeu do meia do Sevilla quando balançou as redes.

José Fuenzalida descontou de cabeça nos acréscimos, mas era tarde demais para evitar a derrota chilena.

A Argentina divide a liderança do grupo D com o Panamá, que mais cedo derrotou a Bolívia pelo mesmo placar de 2 a 1, na primeira partida da sua história na Copa América.

Messi foi poupado por sentir dores na coluna por causa de uma pancada que levou em amistoso contra Honduras (1-0), mas a expectativa é de que volte para a próxima partida, na sexta-feira, contra o Panamá, em Chicago. Já os chilenos tentarão somar os primeiros pontos no torneio contra a Bolívia, em Foxborough.

- Dupla da pesada -No lugar do craque do Barcelona, o técnico Gerardo 'Tata' Martino escalou Nicolas Gaitán ao lado de Higuaín e Di María, deixando Aguero no banco.

O duelo começou em ritmo frenético, com ambas as seleções buscando o gol e jogando em alta intensidade.

O jogo estava lá e cá, mas a Argentina era mais contundente, com a velocidade de Di María e a categoria de Banega, dono do meio de campo.

Aos 22, Di María puxou contra-ataque pela esquerda e cruzou rasteiro para Higuaín, que tentou fazer de letra, mas foi travado na hora da finalização.

O Chile não demorou a reagir. Vidal aproveitou saída errada dos 'Hermanos' e tocou para Alexis Sánchez, que obrigou o goleiro Romero a fazer uma grande defesa.

O segundo tempo começou como o primeiro, a mil por hora. A 'Roja' criou ótima chance logo no primeiro minuto, quando Jara subiu mais alto que todo mundo em cobrança de escanteio de Sánchez, mas cabeceou por cima.

Quem não faz, leva, e o castigo veio quatro minutos depois, com a pressão argentina sobre a saída de bola chilena dando resultado. Banega conseguiu o desarme na altura do círculo central, arrancou pelo meio e deu um passe açucarado para Di María.

O meia do Paris Saint-Germain recebeu na esquerda da área e bateu no canto direito do goleiro Bravo, que não fechou bem o ângulo.

O segundo gol saiu aos 13, com os mesmos protagonistas. Desta vez, Di María foi o 'garçom' e coube a Banega balançar as redes, em chute desviado pela zaga.

Higuaín quase fez o terceiro aos 21, mas Bravo defendeu com o pé. O camisa 9 saiu sete minutos depois, dando lugar a Aguero, que teve sua chance aos 44, mas também esbarrou no goleiro do Barcelona.

Fuenzalida ainda fez o gol de honra da 'Roja' nos acréscimos, mas nada que estragasse a festa argentina, entre risos e lágrimas, em memória da avó de Di María.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo