Esporte

Coutinho faz 'Hat Trick' em goleada impiedosa do Brasil sobre Haiti

08/06/2016 22h59

Orlando, Estados Unidos, 9 Jun 2016 (AFP) - Muito criticada por chutar pouco a gol na estreia contra o Equador (0-0), a seleção brasileira aproveitou a fragilidade do Haiti para calibrar a pontaria com vitória tranquila por 7 a 1, nesta quarta-feira, em Orlando, pela segunda rodada do grupo B da Copa América do Centenário.

O grande destaque da partida foi o meia Philippe Coutinho, do Liverpool, autor de três gols. Renato Augusto balançou as redes duas vezes, e os outros dois foram marcados por Gabigol e Lucas Lima, ambos jogadores do Santos, que entraram no segundo tempo.

A modesta seleção haitiana, que ocupa a 74ª posição no ranking da Fifa (o Brasil é o sétimo) teve o mérito de anotar o gol de honra, com Marcelin.

É óbvio que não cabem comparações com a humilhação histórica na semifinal da Copa do Mundo contra a Alemanha, mas o fato é que o placar emblemático de 7 a 1 veio sem a participação de nenhum titular do 'Mineiratzen'.

O único ponto negativo para os comandados de Dunga foi o cartão amarelo recebido pelo volante Casemiro, que já tinha levado outro na estreia e terá que cumprir suspensão na partida que definirá a classificação às quartas de final, contra o Peru, no domingo, em Foxborough.

O saldo de gols pode ajudar a fazer a diferença, já que os peruanos venceram o Haiti 'apenas' por 1 a 0 na estreia, com um gol de Paolo Guerrero, do Flamengo.

Mais tarde nesta quarta-feira, o Peru enfrenta o Equador, em Glendale, no Arizona, com a possibilidade de garantir a vaga antecipada em caso de vitória.

- Daniel Alves foi 'garçom' de luxo -Sem poder contar com Miranda, que ainda não está recuperado da lesão muscular que o tirou da estreia, Dunga repetiu a escalação do duelo com o Equador (0-0), com Marquinhos formando dupla de zaga com Gil.

Para encontrar espaços diante de uma equipe haitiana apenas preocupada em se defender, os comandados de Dunga resolveram passar pelos lados, com Philippe Coutinho e Willian bastante acionados por Elias e Renato Augusto.

A estratégia deu certo e Coutinho precisou de apenas 14 minutos para abrir o placar, em linda jogada individual.

O meia do Liverpool recebeu de Filipe Luís, avançou livre pela esquerda, deu um corte para dentro para se livrar do marcador e acertou um chute seco da entrada da área, no cantinho de Placide.

Coutinho ainda tinha fome de gol e o segundo saiu aos 29, com a valiosa ajuda de Jonas, que não foi fominha. O atacante do Benfica recebeu cruzamento de Daniel Alves, se impôs na frente de dois de zagueiro, e, caído no chão, rolou para o camisa 22 empurrar a bola para as redes.

O 'Hat Trick' de Coutinho por pouco não saiu logo aos 31, em ótima jogada com Willian, mas Placide conseguiu fazer a defesa.

O goleiro não foi tão feliz três minutos depois, quando entregou a bola de graça nos pés de Daniel Alves, que não perdoou. O lateral do Barcelona cruzou na medida para Renato Augusto, que cabeceou com estilo para fazer 3 a 0.

- A estrela de Gabigol -Com o jogo já ganho, Dunga resolveu testar novas opções para o ataque brasileiro, ao tirar Jonas no intervalo para a entrada de Gabigol.

O atacante do Santos voltou a mostrar que tem estrela, balançando as redes apenas 14 minutos depois de entrar em campo. Há 10 dias, no amistoso contra o Panamá (2-0), ele tinha aberto sua conta pessoal com a seleção logo no primeiro jogo, dez minutos depois de ser lançado por Dunga.

O garoto de 19 anos recebeu de Elias na entrada da área, ajeitou para a canhota e chutou colocado, sem chances para Placide.

Lucas Lima foi ainda mais rápido que seu companheiro do Santos. O camisa 10 entrou aos 16 e deixou o dele seis minutos depois, de cabeça, em mais um cruzamento de Dani Alves, que iniciou as jogadas de três dos sete gols brasileiros.

Com 5 a 0 no marcador, o Brasil se acomodou e deixou o Haiti marcar o gol de honra, aos 25, quando Marcelin pegou a sobra de um chute de Nazon que Alisson só espalmou.

Dunga usou o resto do tempo para testar o jovem Walace, do Grêmio, no lugar de Casemiro, que não poderá atuar diante dos peruanos.

Renato Augusto ainda aproveitou para marcar o sexto aos 40, em ótima jogada individual, e Coutinho fechou a goleada nos acréscimos.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo