Esporte

Uruguai busca sobrevida na Copa América; México de olho nas oitavas

08/06/2016 21h45

Filadélfia, Estados Unidos, 9 Jun 2016 (AFP) - O Uruguai, recordista de títulos na Copa América, precisa vencer a Venezuela nesta quinta-feira para não correr o risco de ser eliminado logo na primeira fase, enquanto o México pode garantir a vaga antecipada se derrotar a Jamaica.

Em teoria, os venezuelanos também podem se classificar para as quartas, mas uma vitória sobre a 'Celeste' parece improvável pelo que mostraram na estreia, quando sofreram para derrotar por 1 a 0 os modestos 'Reggae Boys'.

No Lincoln Financial Field Filadélfia, os uruguaios não poderão contar com o artilheiro Luis Suárez, lesionado, que só deve voltar na última rodada da fase de grupos, contra a Jamaica.

"Ele está em processo de recuperação, est[a no 17º dia. Enquanto não estiver totalmente recuperado, não jogará", sentenciou o técnico Oscar Tabárez em entrevista coletiva, antes de ressaltar que a equipe precisa encarar a partida "como uma espécie de final".

"É uma final. A Venezuela vai tentar carimbar a vaga contra nós. Temos que mostrar a experiência do nosso grupo, provar que sabemos jogar sob pressão", concordou o volante Alvaro González.

Na estreia, os uruguaios foram dominados pelo México, com derrota contundente por 3 a 1, mas mostraram garra no segundo tempo, empatando a partida mesmo com um a menos, antes de desmoronar nos minutos finais, quando ambas as equipes estavam com dez em campo.

Curiosamente, os comandados de Oscar Tabárez jogaram melhor em inferioridade numérica, o que mostra que sabem reagir na adversidade.

- México 100% -Apesar do favoritismo uruguaio, o goleiro venezuelano Dani Hernández não se deixa intimidar pelo peso da camisa 'Celeste'. "Nunca vou considerar que o empate é um bom resultado, temos que buscar a vitória sempre", avisou.

Já o México esbanja otimismo antes de enfrentar os jamaicanos, no Rose Bowl de Pasadena, e já desponta como um dos favoritos da competição.

Mesmo assim, o veterano Rafa Márquez, de 37 anos, fez questão de alertar que 'El Tri' não pode pecar por "excesso de confiança".

"Ainda temos que corrigir alguns erros. Tomara que consigamos ser constantes durante os 90 minutos", alertou o ex-zagueiro do Barcelona, referindo-se à queda de rendimento no início do segundo tempo contra os uruguaios.

A seleção mexicana já enfrentou a Jamaica várias vezes em competições da Concacaf, com retrospecto amplamente positivo: foram vinte vitórias em 26 partidas, para apenas quatro derrotas e dois empates, 71 gols marcados e 11 sofridos.

Desde que o técnico colombiano assumiu o comando, em outubro de 2015, depois de deixar o São Paulo, o México ostenta 100% de aproveitamento, com oito vitórias e apenas um gol sofrido.

A única preocupação é a ausência do volante Andres Guardado, peça-chave do meio de campo, que terá que cumprir suspensão por conta da expulsão contra os uruguaios.

- Programação desta quinta-feira pelo Grupo C da Copa América do Centenário -

Na Filadélfia (19H30 locais, 20H30 de Brasília): Uruguai - Venezuela

Em Pasadena (19H00 locais, 23H00 de Brasília): México - Jamaica

Classificação:

Pts J V E D Gp Gc

1. México 3 1 1 0 0 3 1

2. Venezuela 3 1 1 0 0 1 0

3. Jamaica 0 1 0 0 1 0 1

4. Uruguai 0 1 0 0 1 1 3

Prováveis escalações:

México: Alfredo Talavera - Néstor Araujo, Diego Reyes, Héctor Moreno, Miguel Layún - Héctor Herrera, Rafael Márquez, Jesús Dueñas - Javier Aquino, Javier Hernández e Jesús Corona. T: Juan Carlos Osorio.

Jamaica: Andre Blake - Jermaine Taylor, Adrian Mariappa, Wes Morgan, Michael Hector - Garath McCleary, Je-Vaughn Watson, Michael Binns, Joel McAnuff - Giles Barnes e Clayton Donaldson. T: Winfried Schäfer.

Venezuela: Dani Hernández - Roberto Rosales, Wilker Angel, Oswaldo Vizcarrondo, Rolf Feltscher - Tomás Rincón, Arquímedes Figuera, Alejandro Guerra, Luis Manuel Seijas - Josef Martínez e Salomón Rondón. T: Rafael Dudamel.

Uruguai: Fernando Muslera - Maximiliano Pereira, José María Giménez, Diego Godín, Alvaro Pereira - Carlos Sánchez, Egidio Arévalo Ríos, Alvaro González, Gastón Ramírez - Edinson Cavani e Christian Stuani. T: Oscar Tabárez.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo