Esporte

Direitos de transmissão da Bundesliga são vendidos por mais de R$ 5 bilhões

Reprodução/Trivela
Imagem: Reprodução/Trivela

09/06/2016 16h02

Berlim, 9 Jun 2016 (AFP) - Os direitos de transmissão das partidas de primeira e segunda divisões do campeonato de futebol na Alemanha foram vendidos pela quantia recorde de 1,4 bilhão de euros por ano, R$ 5,4 bilhões na cotação atual, anunciou a Liga alemã de futebol.

Ao somar os direitos de transmissão na Alemanha e no âmbito internacional para as quatro temporadas de 2017/2018 a 2020/2021, cada temporada sairá a 1,4 bilhão de euros, segundo o presidente da liga, a DFL, Christian Seifert, falando à imprensa em Frankfurt.

Os 18 clubes da primeira divisão e os 18 da segunda repartirão a quantia, que reduz a distância em relação à Premier League, a mais rica da Europa, que arrecada anualmente 2,3 bilhões de euros em direitos de transmissão (EUR 3,3 bilhões incluídos os direitos internacionais).

A quantia supera os EUR 817 milhões de rendas previstos para a próxima temporada 2016/17.

Os direitos de transmissão são a principal fonte de receitas do futebol profissional, que se soma à venda de ingressos e aos patrocínios.

"É um resultado excelente", afirmou o presidente do Bayern de Munique, Karl-Heinz Rummenigge, que se queixava da falta de recursos da Bundesliga em comparação a outros campeonatos.

Os times da primeira divisão da Alemanha têm tentado captar mais recursos, como já acontece com o Campeonato inglês, que vende seus direitos de transmissão por 3,3 bilhões de euros.

A principal beneficiada do leilão destes direitos de transmissão é a Sky Alemanha, que poderá transmitir ao vivo as partidas e as coletivas de imprensa.

A Sky tinha até agora exclusividade no mercado local, mas teve que renunciar a ela por ordem das autoridades antimonopólio.

A Eurosport, do grupo americano Discovery, obteve os direitos de transmissão dos jogos da sexta-feira à noite e o canal ZDF transmitirá alguns jogos especiais, como o da inauguração da temporada.

A Amazon também entra nesse mercado, com os direitos de transmissão em formatos para a internet e em dispositivos móveis. Os direitos de rádio foram cedidos ao grupo audiovisual público alemão ARD.

O leilão dos direitos de transmissão estabeleceu entre as suas regras que não houvesse apenas um ganhador. A Sky, no entanto, questiona essa quebra de monopólio nos tribunais.

Ainda assim, o canal por assinatura, que ostentava o slogan "todos os jogos, todos os gols", poderá transmitir ao vivo 572 das 612 partidas das duas divisões superiores do futebol alemão.

"A Sky continua sendo a rede da Bundesliga", anunciou o canal alemão em comunicado.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo