Topo

Esporte

Seleção sul-africana de rúgbi escala número recorde de jogadores negros

10/06/2016 20h56

Bloemfontein, África do Sul, 10 Jun 2016 (AFP) - A seleção sul-africana de rúgbi, que sempre foi criticada por não refletir a diversidade étnica do país, teve pela primeira vez da sua história nove jogadores negros entre os 15 titulares nesta sexta-feira, na derrota por 32 a 24 para os Saxons (32-24), time reserva da Inglaterra.

Nunca antes os 'Springboks' haviam jogado com tantos negros nesse esporte, tradicionalmente praticado pelos brancos.

O técnico Allister Coetzee assumiu o comando da seleção em abril, com a missão de deixar a equipe mais "multicolorida", por exigência do governo da "Nação Arco-Íris".

Os brancos representam apenas 9% da população sul-africana, contra 80% de negros.

Em 1995, o então presidente Nelson Mandela tinha abraçado os 'Springboks' na Copa do Mundo de 1995, disputada na África do Sul, um apoio que contribuiu a criar um clima de paz depois do apartheid.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte