Esporte

México empata com Venezuela e garante 1º lugar do grupo C da Copa América

13/06/2016 23h34

Houston, Estados Unidos, 14 Jun 2016 (AFP) - Em jogo espetacular com direito a dois golaços, o México empatou por 1 a 1 com a surpreendente Venezuela, nesta segunda-feira, em Houston, e garantiu o primeiro lugar do grupo C da Copa América do Centenário.

José Manuel Velázquez abriu o placar para a Venezuela com um lindo voleio aos 10 minutos de jogo, mas Jesús Corona deixou tudo igual com outro golaço, aos 35 da etapa final.

Lanterninha das eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2019, a seleção 'vinotinto' surpreendeu a terminar a primeira fase invicta, eliminando até o tradicional Uruguai, mas não conseguiu desbancar o favorito México da liderança.

As duas equipes ficaram com os mesmos sete pontos, mas 'El Tri' leva a melhor no saldo de gols (4 contra 2). Mais tarde nesta segunda-feira, Uruguai enfrenta a Jamaica, em Santa Clara, para salvar a honra e não deixar a competição zerado.

Com o primeiro lugar, a seleção mexicana deve evitar a Argentina de Messi, que tem tudo para terminar na ponta do grupo D. A outra vaga será decidida entre Chile e Panamá.

O empate encerra uma série de nove vitórias seguidas do México sob o comando do colombiano Juan Carlos Osorio, que vinha ostentando 100% de aproveitamento desde que deixou o São Paulo.

Com a classificação para as quartas de final já garantida, tanto México quanto Venezuela pouparam titulares e jogaram sem seus principais atacantes.

O mexicano 'Chicharito' Hernández começou no banco, assim como os venezuelanos Josef Martínez e Salomón Rondón, autores do gols nas vitórias por 1 a 0 sobre Jamaica e Uruguai. O veterano Rafa Márquez, capitão do México, também foi poupado.

A Venezuela saiu na frente logo aos 10 minutos de jogo, quando José Velázquez acertou uma meia-bicicleta espetacular após desvio de cabeça de Christian Santos, em cobrança de falta de Alejandro Guerra.

Como nos jogos anteriores, a 'Vinotinto' abriu o placar cedo e mostrou boa organização para tentar segurar o resultado.

A estratégia quase deu certo novamente, mas o México mostrou que não é considerado um dos favoritos ao título à toa e conseguiu arrancar o empate a dez minutos do fim, ao brindar o público presente no NRG Stadium de Houston com outro belo gol.

Jesús Corona salvou a pátria mexicana com uma linda jogada individual, ao driblar vários venezuelanos antes de fuzilar o goleiro Hernández.

Josef Martínez, que entrou no segundo tempo, quase marcou mais um golaço na partida, ao tentar uma bicicleta aos 39, mas o goleiro conseguiu espalmar para escanteio, impedindo a valente Venezuela de conseguir mais uma vitória na competição.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo