Esporte

Chile supera frango relâmpago e pega México nas quartas da Copa América

15/06/2016 01h44

Filadélfia, Estados Unidos, 15 Jun 2016 (AFP) - O atual campeão, Chile, quase colocou tudo a perder com duas falhas do goleiro Claudio Bravo, mas garantiu sua vaga para as quartas de final da Copa América do Centenário ao vencer o estreante Panamá de virada por 4 a 2, nesta terça-feira, na Filadélfia.

O goleiro do Barcelona engoliu um frangaço logo aos 5 minutos de jogo, em chute de longa distância de Miguel Camargo, mas o ex-gremista Eduardo Vargas e o astro Alexis Sánchez balançaram as redes duas vezes cada para dar a vitória à 'Roja'.

Arroyo ainda descontou para os panamenhos aos 30, em outro erro bisonho de Bravo, mas não foi suficiente para evitar a eliminação da sua equipe.

A seleção chilena terminou em segundo lugar do grupo D, atrás da Argentina, que mais tarde nesta terça-feira garantiu a liderança ao atropelar a lanterninha Bolívia por 3 a 0, em Seattle.

Nas quartas, terá pela frente um duelo explosivo com o México, no sábado, em Santa Clara.

"Se usarmos todas as nossas virtudes até o limite, temos possibilidade de ganhar do México. Temos que colocar o máximo de intensidade no nosso jogo", comentou o técnico Juan Antonio Pizzi.

Contra Panamá, o atual campeão precisava apenas de um empate para avançar, mas viu com o exemplo do Brasil que a zebra pode dar o ar da graça a qualquer momento.

No domingo, os comandados de Dunga se encontravam em situação semelhante e foram derrotados por 1 a 0 pelo Peru, com direito a gol de mão de Ruidiaz. O revés eliminou a seleção pentacampeã mundial na primeira fase, algo inédito desde 1987, e acabou resultando na demissão do treinador.

- Vargas artilheiro e 'garçom' -O Chile foi surpreendido com apenas cinco minutos de jogo, quando Camargo chutou de muito longe e Bravo aceitou, num frangaço que, além de dar um enorme susto no torcedor do Chile, deve ter deixado os fãs do Barça preocupados.

Eduardo Vargas deixou tudo igual aos 13, na conclusão de uma jogada iniciada pelos dois craques da 'Roja'.

Alexis Sánchez tabelou bonito com Arturo Vidal e chutou para a defesa do goleiro Jaime Penedo, mas o ex-gremista apareceu no rebote para mandar a bola para as redes.

Vidal quase fez 2 a 1 de cabeça aos 20, mas Penedo se esticou todo para defender.

Vargas também teve sua chance de fazer o segundo aos 28, numa bomba de fora da área que passou rente à trave.

O camisa 11 acabou sendo premiado pela insistência aos 42, ao cabecear com estilo no ângulo após receber ótimo cruzamento de Beausejour.

Vargas foi novamente decisivo logo depois do intervalo. Aos 4 do segundo tempo, o atacante driblou um marcador e cruzou à meia altura para Sánchez, que acertou um chutaço de primeira para fazer 3 a 1.

Com a vantagem confortável no placar, o Chile se acomodou e deixou o Panamá voltar para a partida aos 29, em mais uma falha clamorosa de Bravo, que não fechou o ângulo e viu Arroyo cabecear para as redes.

Os panamenhos ainda precisavam de dois gols para se classificar, mas acabaram abrindo espaço para Sánchez selar a vitória chilena de cabeça, aos 43.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo