Esporte

Presidente croata chama hooligans de "inimigos da Croácia"

17/06/2016 19h27

Zagreb, 17 Jun 2016 (AFP) - A presidente croata, Kolinda Grabar-Kitarovic, chamou de "inimigos da Croácia" os hooligans de seu país que interromperam com sinalizadores a partida contra a República Tcheca (2-2) por quatro minutos, nesta sexta-feira em Saint-Etiene.

"Eles odeiam sua seleção e seu país", escreveu a presidente no Facebook, concluindo: "Vocês deveriam ter vergonha!".

Torcedores croatas lançaram a campo sinalizadores e uma bomba que explodiu aos pés de um funcionário do estádio, provocando a paralisação da partida por quatro minutos.

Logo após o reinicio do jogo, a República Tcheca empatou a partida em pênalti cobrado por Necid. Uma vitória teria garantido a Croácia nas oitavas de final.

"Não são torcedores, são terroristas do esporte", criticou o técnico croata Ante Cacic, que se disse "muito triste" pelo ocorrido, num momento em que sua equipe "jogava uma boa partida".

A Uefa anunciou que abriu um processo disciplinar para investigar o incidente.

bur-pgr/adc/tba/am

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo