Esporte

Croácia e Turquia conhecerão punições por tumultos na Euro nesta segunda-feira

18/06/2016 16h53

Paris, 18 Jun 2016 (AFP) - Croácia e Turquia conhecerão nesta segunda-feira as punições impostas pela Uefa pelos incidentes nos estádios de Saint-Etienne e Nice durante a disputa da Eurocopa, enquanto 20 'ultras' russos foram expulsos da França.

A Uefa punirá a federação croata pelo comportamento dos torcedores do país na partida contra a República Tcheca na sexta-feira, quando sinalizadores e uma bomba foram jogados em campo, interrompendo a partida por cerca de cinco minutos.

Por um incidente similar ocorrido na primeira rodada, a Uefa puniu com uma suspensão provisória a Rússia. Caso os torcedores russos repitam o comportamento ruim, o país será excluído da competição imediatamente.

A Uefa se responsabiliza em punir os incidentes que ocorrem dentro dos estádios e complexos esportivos, enquanto que o resto da segurança está nas mãos das autoridades do país organizador, no caso a França.

"Não são torcedores, são terroristas do esporte", declarou o técnico croata Ante Cacic, enquanto a presidente do país, Kolinda Grabar-Kitarovic, foi igualmente dura em mensagem publicada no Facebook: "São inimigos da Croácia e odeiam a própria seleção e o próprio país. Vocês são uma vergonha!".

A federação croata garantiu neste sábado ter avisado a Uefa e a polícia francesa que torcedores violentos, conhecidos na Europa como 'ultras', planejavam interromper a partida e acusou as autoridades do país-sede de não lutar suficientemente para erradicar o problema.

"A ineficiência e a falta de vontade para tentar pelo menos resolver este problema incita os hooligans a continuar com este comportamento", denunciou.

Um croata foi preso antes da partida por tentar entrar no estádio com um sinalizador.

Horas depois, em Nice, torcedores turcos acenderam sinalizadores e lançaram várias bombas em campo, após a derrota de sua seleção para a Espanha por 3 a 0.

Um desses torcedores foi preso, assim como três franceses de origem turca que tentaram entrar no estádio com artefatos pirotécnicos.

Estes acontecimentos surgiram uma semana depois dos graves confrontos em Marselha entre torcedores de Inglaterra e Rússia. As brigas no centro da cidade deixaram 35 feridos, com dois ingleses em estado grave.

Os torcedores russos também causaram tumultos dentro do estádio após a partida com a Inglaterra (1-1), o que valeu à Rússia a ameaça de ser excluída do torneio.

Cerca de 20 torcedores russos presos pela participação nas brigas em Marselha foram expulsos da França neste sábado.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo