Esporte

Alemanha e Espanha em ação para garantir lideranças na Euro

20/06/2016 18h59

Paris, 20 Jun 2016 (AFP) - A Alemanha, campeã do mundo, tem enorme favoritismo diante da Irlanda do Norte em sua última partida na fase de grupos, nesta terça-feira, mas será importante marcar gols e ficar de olho no resultado da outro jogo do Grupo C entre Ucrânia e Polônia, que sonha em roubar a liderança das mãos da 'Mannschaft'.

No Grupo D, as atenções estarão centradas no choque entre Croácia e Espanha e nos torcedores croatas, após os incidentes ocorridos contra os tchecos, que precisam vencer a Turquia para seguir sonhando com a vaga.

- Alemanha de olho em Ucrânia-Polônia -"Não será um passeio tranquilo, sabemos disso. Não espero um festival ofensivo", explicou educadamente o atacante alemão Thomas Muller. Difícil, porém, imaginar que a vitória sobre a modesta Irlanda do Norte escape das mãos dos campeões do mundo, que simplesmente nunca perderam um terceiro jogo numa fase de grupos sob comando de Joachim Low, seja na Euro ou na Copa do Mundo.

Em relação ao "festival ofensivo", a Alemanha é que precisa urgentemente organizar o seu. A equipe está na liderança do Grupo C graças ao melhor saldo de gol em relação à Polônia (+2 contra +1) e o próprio Muller, artilheiro do Bayern de Munique, ainda não balançou as redes nesta Euro.

Do outro lado do campo, o adversário será uma Irlanda do Norte com jogadores que atuam em equipe pequenas como Watford, Derby County, e até mesmo na Austrália, no Melbourne City, como o veterano Aaron Hughes, 36 anos. Os norte-irlandeses, porém, não estão fora da disputa por uma vaga graças à vitória sobre a Ucrânia (2-0) e sonham com um empate com os alemães, que seria suficiente para avançar às oitavas.

Já o confronto Ucrânia-Polônia foi considerado de risco antes da Euro pelas forças de segurança. A partida será disputada em Marselha, que já sofreu com brigas entre torcedores antes do jogo entre Inglaterra e Rússia. Dentro de campo, os poloneses torcem para que os ucranianos, já eliminados, joguem sem motivação para não atrapalhar os planos de classificação de Lewandowski e companhia.

Com quatro pontos, a Polônia está muito perto das oitavas de final e espera que o craque do Bayern de Munique desencante na competição para ajudar os poloneses a lutarem pela liderança da chave com a Alemanha.

- Espanha-Croácia pela liderança -A Espanha voltou a mostrar sua força contra a Turquia, apresentando um belo futebol na vitória de 3 a 0 que lembrou ao mundo que Iniesta e companhia não são os atuais bicampeões europeus por acaso. A 'Fúria' já está classificada às oitavas de final e agora só espera manter a liderança da chave para enfrentar um adversário teoricamente mais fraco na próxima fase.

O adversário, porém, será uma forte Croácia, que conta com um meio de campo talentoso formado por jogadores que os espanhóis conhecem bem, como Ivan Rakitic (Barcelona). Outro jogador que atua na Liga Espanhola não estará em campo, Luka Modric (Real Madrid), que sofreu lesão na coxa na partida contra a República Tcheca (2-2).

A Croácia foi traída por seus torcedores nesta partida, interrompida por sinalizadores e uma bomba em campo. Por isso, a federação do país foi multada em 100.000 euros e outro incidente poderia resultar na exclusão da equipe da Eurocopa.

Para o confronto entre República Tcheca e Turquia, a ordem do dia é salvar a própria pele após resultados ruins nas duas primeiras partidas. Principalmente para os turcos, lanterninhas da chave com nenhum ponto e um capitão, Arda Turan, sendo vaiado a cada jogo.

Programação desta terça-feira na Eurocopa:

Grupo C: Em Marselha (18h00 locais, 13h00 de Brasília): Ucrânia - Polônia

Grupo C: Em Paris (18h00 locais, 13h00 de Brasília): Irlanda do Norte - Alemanha

Grupo D: Em Bordeaux (21h00 locais, 16h00, de Brasília): Croácia - Espanha

Grupo D: Em Lens (21h00 locais, 16h00, de Brasília): República Tcheca - Turquia

Prováveis escalações:

Ucrânia: Pyatov (ou Boyko) - Fedetskiy, Kucher, Rakitskiy, Shevchuk (cap) - Yarmolenko, Zinchenko, Kovalenko, Garmash, Konoplyanka - Zozulya

T: Mikhail Fomenko

Polônia: Fabianski - Piszczek, Glik, Pazdan, Jedrzejczyk - Blaszczykowski, Krychowiak, Maczynski, Grosicki - Milik, Lewandowski (cap)

T: Adam Nawalka

Árbitro:Svein Oddvar Moen (NOR)

Irlanda do Norte: McGovern - A. Hughes, McAuley, Cathcart, Evans - Evans, Norwood, Davis (cap) - Ward, Washington, Dallas

T: Michael O'Neill

Alemanha: Neuer (cap) - Höwedes, Hummels, Boateng, Hector - Khedira, Kroos - Müller, Özil, Schürrle - Götze

T: Joachim Löw

Árbitro: Clément Turpin (FRA)

Croácia:

Subasic - Srna, Corluka, Vida, Strinic - Badelj, Brozovic - Pjaca (ou Kovacic), Rakitic, Perisic - Kalinic (ou Mandzukic).

T: Ante Cacic

Espanha:

De Gea (ou Casillas) - Bellerin, Piqué, San José (ou Ramos), Alba - Koke, Busquets, Iniesta - Silva, Aduriz (ou Morata), Nolito.

T: Vicente del Bosque.

Árbitro: Björn Kuipers (HOL)

República Tcheca: Cech (cap.) - Kaderabek, Sivok, Hubnik, Limbersky - Plasil, Pavelka - Gebre Selassie (ou Dockal), Darida, Krejci - Necid (ou Skoda)

T: Pavel Vrba

Turquia: Babacan - Gönül, Topal, Balta, Erkin - Tufan, Inan, Sahin - Sen, Turan (cap.) - Yilmaz

T: Fatih Terim

Árbitro: William Collum (SCO).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo