Esporte

Gales conquista histórica vaga nas oitavas da Euro e deixa Inglaterra em 2º

20/06/2016 18h52

Paris, 20 Jun 2016 (AFP) - O País de Gales conquistou uma histórica classificação às oitavas de final da Euro-2016 ao derrotar a eliminada Rússia por 3 a 0, nesta segunda-feira em Toulouse, um resultado que empurrou para o segundo lugar a Inglaterra, que não saiu do zero com a Eslováquia em Saint-Etienne.

Os 'Dragões' garantiram a vaga no mata-mata da competição continental com gols de Aaron Ramsey (11 minutos), Neil Taylor (20) e do astro Gareth Bale (67), recuperando-se da derrota na rodada anterior no clássico britânico diante da Inglaterra (1-2).

Os galeses terminam na primeira colocação do Grupo B com seis pontos, seguidos dos ingleses (5), também classificados. A Eslováquia, com quatro pontos, é terceira e torce agora para avançar ao mata-mata da competição como uma das quatro melhores terceiras colocadas.

O feito foi impressionante para a modesta seleção galesa, que chega assim pela primeira às oitavas de final de uma competição internacional em sua primeira participação na Eurocopa.

Já a Rússia deu adeus à Euro com apenas um ponto e um enorme fracasso a dois anos de sediar a Copa do Mundo-2018, para a qual dá a impressão de que terá que reconstruir sua seleção.

Na coletiva de imprensa pós-jogo, o técnico Leonid Slutski deu a entender que não permanecerá no cargo, afirmando em coletiva de imprensa após o jogo que "outra pessoa" precisa "preparar" a seleção russa para o próximo mundial.

"Após uma competição como essa, é necessário outra pessoa para preparar a equipe para as próximas competições, o que será muito importante para desenvolver o futebol no nosso país, declarou Slutski, que também pediu perdão aos torcedores pelo "futebol que apresentamos".

Com a primeira colocação, Gales enfrentará na próxima fase o melhor terceiro colocado do grupo A (Albânia), C (por enquanto Irlanda do Norte) ou D (por enquanto República Tcheca).

Este no estádio de Toulouse o ultranacionalista russo Alxandre Chpryguine, expulso da França no sábado por sua participação nos violentos confrontos entre hooligans na partida contra a Inglaterra, em Marselha, mas foi preso quando assistia à partida das arquibancadas.

- Bale artilheiro -A equipe escalada por Chris Coleman começou a partida como um foguete e com meia-hora de jogo já vencia por 2 a 0, dominando com facilidade a Rússia, que precisava única e exclusivamente da vitória para seguir sonhando com a classificação, mas acabou sofrendo nas mãos de Gareth Bale, artilheiro da competição, agora com três gols.

"É realmente incrível. Sabíamos que tudo estava a nosso alcance e conseguimos alcançar o objetivo. Foi nossa melhor partida desde que estou na seleção. Estamos muito felizes. Estamos na liderança do grupo, o que podemos pedir a mais?", comemorou o astro do Real Madrid.

Logo aos 11 minutos de jogo, o primeiro ataque perigoso de Gales já foi mortal, com Joe Allen deixando Ramsey na cara do gol para abrir o placar com um leve toque por cima do goleiro Akinfeev.

Aos 20, Bale armou contra-ataque e, chegando na entrada da área adversário, viu um zagueiro o desarmar. Para sorte dos galeses, a bola foi parar nos pés de Taylor, que precisou finalizar duas vezes para superar Akinfeev.

A equipe russa praticamente não encontrou repostas. Apenas um susto no goleiro Wayne Hennessey, que precisou fazer grande defesa quando Artem Dzyuba recebeu longo lançamento e ficou cara a cara com o gol galês.

No segundo tempo, Bale, muito acionado durante todo o jogo, foi recompensado com um gol aos 22 minutos, após receber um ótimo passe de Ramsey e tirar do goleiro russo.

Foi o golpe que nocauteou os russos e confirmou o valor de um País de Gales convincente e que não disputava uma competição internacional desde a Copa do Mundo da Suécia-1958, nem quando contava com jogadores do calibre de Ian Rush ou Ryan Giggs, nos anos 80-90.

Talvez essa seja a resposta: hoje, Gales não conta com uma estrela, mas sim com um super-herói chamado Gareth Bale.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo