Esporte

LeBron James cumpre promessa e dá título inédito aos Cavs em noite mágica

20/06/2016 01h12

Oakland, Estados Unidos, 20 Jun 2016 (AFP) - Com atuação simplesmente fabulosa, LeBron James escreveu de vez seu nome entre os maiores jogadores de basquete da história ao levar o Cleveland Cavaliers ao seu primeiro título da NBA com vitória por 93 a 89 sobre o Golden State Warrios, num jogo 7 épico, com emoção até o fim.

Ao superar o campeão do ano passado fora de casa, neste sábado, em Oakland, a equipe do Ohio venceu a série de virada por 4 a 3, tornando-se a primeira da história a vencer uma decisão depois de sair perdendo por 3 a 1.

Eleito jogador mais valioso (MVP) das Finais, 'King James', de 31 anos, que nasceu em Akron, a pouco mais de 50 quilômetros de Cleveland, começou sua carreira nos Cavs (2003-2010), mas foi muito criticado quando deixou a equipe para jogar no Miami Heat, onde se sagrou bicampeão da NBA em 2012 e 2013.

O título deste ano, porém, tem um sabor muito mais especial. Como diz o ditado, 'bom filho à casa torna' e LeBron retornou a Ohio para acabar com mais meio século de seca dos times da cidade de Cleveland em esportes profissionais.

"Dei tudo de mim para conquistar esse título, meu sangue, minhas lágrimas, era meu objetivo quando voltei a Cleveland, é incrível, foi muito difícil", declarou após a partida o 'Rei', que não conseguiu conter o choro.

O último título da cidade de Cleveland tinha sido em 1964, com o Browns, franquia de futebol americano.

Autor de um triplo duplo, com 27 pontos 11 rebotes e 11 assistências, LeBron foi monstruoso nesse jogo decisivo, mas mostrou seu lado humano no final da partida, ao chorar copiosamente por longos minutos.

James foi o melhor em quadra, mas a cesta decisiva foi do armador Kyrie Irving, autor de uma bola de três incrível a 53 segundos do fim, quando o jogo estava empatado em 89-89. A partida ficou indefinida até o fim, com nenhum time conseguindo abrir uma diferença acima de sete pontos.

Do lado do Golden State Warriors, o destaque da partida foi Draymond Green, que por pouco também não conseguiu o triplo duplo, com 32 pontos, 15 rebotes e nove assistências.

Os Warriors contam com dois brasileiros na equipe, Leandrinho (3 pontos) e Anderson Varejão (1), e os dois jogadores tiveram atuações discretas na partida decisiva, somando juntos apenas 12 minutos em quadra.

A derrota é particularmente dolorida para Varejão, ídolo em Cleveland, onde defendeu os Cavs durante 12 anos, antes de ser trocado para os Warriors nesta temporada.

MVP da temporada, Steph Curry teve uma atuação abaixo do esperado diante da sua torcida anotando apenas 17 pontos, longe do craque que levou a equipe californiana a ganhar 73 partidas na temporada regular, recorde absoluto da NBA.

Quem ri por último, ri melhor, e 'King James' pode secar as lágrimas para comemorar.

- Jogo inesquecível -O primeiro quarto do jogo foi parelho e decidido por apenas um ponto a favor dos anfitriões (23-22), que também levaram a melhor no segundo, chegando ao intervalo com vantagem de 47 a 40, a maior diferença entre as duas equipes em toda a partida.

O homem com a pontaria certeira da noite para os Warriors foi Draymond Green, que na metade do jogo já tinha anotado 22 pontos, incluindo cinco arremessos de três, quase a metade de sua equipe.

Do outro lado, LeBron, como sempre, acumulava números em todas as estatísticas, com 12 pontos, oito rebotes e cinco assistências nos primeiros 24 minutos.

As grandes emoções, porém, foram guardadas para o segundo tempo, que fez jus a um jogo sete de uma final da NBA, surpreendente até o último segundo.

Para chegar ao fim do jogo com chances de ganhar, os Cavs tiveram que tirar a vantagem dos Warriors e o responsável por isso foi Kyrie Irving, que encabeçou uma ofensiva de 11 a 0 para a equipe de Cleveland a cinco minutos do fim do terceiro quarto, virando o jogo a favor dos visitantes (65-59).

Na última parcial do jogo, Curry fez uma de suas raras aparições na partida e deixou tudo igual no marcador (83-83) com uma cesta de três a seis minutos do apito final.

Quando nada estava decidido, LeBron fez mais uma jogada defensiva impressionante, algo que para ele é corriqueiro, voando para a cesta para dar um lindo toco por trás em Iguodala, que se aprontava para acertar uma bandeja fácil.

Empatados em 89 e com 53 segundos para o fim, Irving, marcado por Curry, fez o duas vezes MVP da temporada sentir o gosto do próprio veneno, acertando um difícil arremesso de três que praticamente selou o título para os azarões de Cleveland.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo