Esporte

Bale avisa que País de Gales lutará pelo título na Euro

Thanassis Stavrakis/AP
Bale já marcou três gols na Eurocopa disputada na França Imagem: Thanassis Stavrakis/AP

AFP

23/06/2016 21h53

O astro Gareth Bale, que foi o grande destaque da campanha surpreendente do País de Gales na Eurocopa, afirmou nesta quinta-feira que sua seleção tem como objetivo "ganhar o torneio".

"É óbvio que quando você chega para disputar um torneio, tem apenas um objetivo: ganhar", declarou o atacante do Real Madrid em entrevista coletiva realizada nesta quinta-feira, a dois dias do duelo de oitavas de final contra a Irlanda do Norte.

"Ninguém veio aqui para jogar três partidas e voltar para casa. Nosso objetivo final é tentar ganhar o torneio", insistiu Bale, que lidera a artilharia da competição, com três gols, empatado com o espanhol Álvaro Morata.

Os galeses podem se espelhar em seleções que conquistaram o título sem ser favoritas, como a Dinamarca, em 1992, ou a Grécia, em 2004.

"Cabe a nós mesmos decidirmos se somos favoritos. Nos focamos apenas no nosso jogo. O rótulo de favorito não nos preocupa. Todos nós sabemos o que temos que fazer e vamos sair vitoriosos", prometeu.

"A Irlanda do Norte tem um espírito de equipe parecido com o nosso e um estilo de jogo um pouco mais defensivo. Não se classificaram para as oitavas por acaso. Será complicado derrotá-los mas vamos deixar tudo em campo", analisou.

Os comandados de Chris Coleman surpreenderam ao terminar em primeiro lugar no Grupo B, na frente da rival Inglaterra.

Com a liderança, evitaram cair na chave mais difícil, que reúne os cinco campeões mundiais do continente (Alemanha, Itália, França, Espanha e Inglaterra).

Já o zagueiro norte-irlandês Aaron Hughes afirmou que pretende usar a experiência que teve ao marcar Cristiano Ronaldo para tentar parar Bale, companheiro de clube do português no Real Madrid.

A partida em questão aconteceu em outubro de 2012, quando segurou o empate em 1 a 1 nas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2014. Na ocasião, CR7 passou em branco no centésimo jogo com a camisa da 'seleção'.

"Naquela noite fizemos um grande esforço como equipe. É impossível frear a ameaça de um jogador como esse com marcação individual", lembrou o zagueiro.

"A melhor coisa que pode acontecer em um torneio como esse é enfrentar um dos melhores jogadores do mundo", completou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo