Esporte

Macri telefona para pedir que Messi permaneça na seleção

27/06/2016 21h54

Buenos Aires, 28 Jun 2016 (AFP) - O presidente argentino, Mauricio Macri, telefonou nesta segunda-feira para Lionel Messi para manifestar seu orgulho com a seleção nacional de futebol e pedir que o craque permaneça na equipe, após a derrota na final da Copa América Centenário, vencida pelo Chile.

"Telefonou e disse do orgulho que sente pelo desempenho da seleção, e lhe pediu que não escute as críticas", revelou um porta-voz de Macri.

O apelo de Macri ocorre após a lenda do futebol argentino Diego Maradona aderir à campanha para que Messi volte atrás da decisão de deixar de defender a seleção, depois de amargar mais um vice-campeonato na Copa América, com derrota nos pênaltis para o Chile (4-2) após um 0 a 0 com a bola rolando.

O craque do Barcelona isolou sua cobrança na disputa de pênaltis e amargou o terceiro vice-campeonato seguido com a 'alviceleste'.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo