Esporte

Pellè "pede perdão" à Itália por pênalti perdido contra Alemanha

03/07/2016 12h19

Montpellier, França, 3 Jul 2016 (AFP) - O atacante Graziano Pellè pediu "perdão aos italianos" por ter isolado sua cobrança na disputa de pênaltis contra a Alemanha que selou a eliminação da 'Nazionale' nas quartas de final da Eurocopa, no último sábado, em Bordeaux.

"Peço perdão aos italianos, sinto muito pelo que aconteceu", afirmou o jogador do Southampton neste domingo, no aeroporto de Montpellier, antes de embarcar de volta para seu país.

Autor de dois gols na competição, Pellè fez um 'papelão' na disputa de pênaltis. Antes de bater, fez um gesto indicando que iria bater de 'cavadinha' para enganar o goleiro Manuel Neuer, mas acabou chutando para fora.

"Eu não queria provocar, fazer palhaçada, mas como Neuer é um grande goleiro, queria que ele ficasse parado. Acho que ele nem percebeu meu gesto", relatou o atacante.

"Neuer me cumprimentou depois do jogo e disse que sou um grande jogador", revelou.

Pellè também saiu em defesa do companheiro Simone Zaza, que entrou no finalzinho da prorrogação, só para bater pênalti, mas mandou a bola na aquibancada. "Zaza e eu sempre convertemos as cobranças de pênaltis durante os treinos, mas infelizmente não deu certo dessa vez. Havia muita adrenalina", justificou Pellè.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo