Esporte

Saindo à francesa

06/07/2016 15h12

Paris, 6 Jul 2016 (AFP) - Curiosidades da Eurocopa nesta terça-feira, 27º dia de disputa da competição continental.

Ginga francesa"Bom dia a todos, é difícil acordar hoje". Assim começa o dia de Paul Pogba, 'marcado' de perto por uma câmera durante um dia inteiro, em vídeo divulgado pela federação francesa. "A base de tudo é a música", avisa o meia da Juventus, ao ligar um aparelho de som, "Quem sabe você vão ter direito a uma dança? Até o cinegrafista vai dançar!", avisa. Será que Pogba é o melhor dançarino dos 'Bleus'? "Que pergunta é essa?", indaga o craque de 23 anos, ao ensaiar movimentos de hip hop. "Isso não é uma pergunta. Tem que perguntar aos outros". O certo é que o DJ da turma é um jogador mais experiente, o lateral Patrice Evra, de 35 anos, companheiro de clube de Pogba na Juve. "Pat merece esse respeito, porque não posso ser DJ e dançarino ao mesmo tempo", concede o meia, antes de bater na porta de Evra, que estava assistindo a uma série. O show pode começar: os dois mostram belo entrosamento na coreografia, de chinelo, ao som de KeBlack, o rapper francês da onda.

Casório à distânciaA estadia mais longa que o esperado do País de Gales na Eurocopa está causando uma série de contratempos para os 'Dragões'. O zagueiro Neil Taylor, por exemplo, comprou ingresso para o show de Beyoncé, em Cardiff, mas não vai poder ver a diva americana de perto. O lateral Chris Gunter se encontra em uma situação pior ainda. Por conta da partida desta quarta-feira contra Portugal, não poderá comparecer ao casamento do irmão. "Serei o primeiro padrinho de casamento a fazer um discurso por Skype", explicou Gunter. O pior da história é que até seus pais devem optar por assistir ao jogo, em Lyon, ao invés de embarcar para a cidade do México, onde o casório foi marcado. Um jornal galês fez uma pesquisa online com a pergunta: você perderia um casamento para assistir à partida País de Gales - Portugal?". O futebol acabou levando a melhor, com 71% dos jogos.

Príncipe William apoia os 'Dragões'Apesar da forte rivalidade entre País de Gales e Inglaterra, o Príncipe William, presidente da federação inglesa de futebol, não deixou de divulgar uma mensagem de apoio aos galeses antes da semifinal contra Portugal. "Parabéns por ter ido mais longe que a Inglaterra no torneio", afirmou o segundo na linha de sucessão do trono britânico, mostrando que soube manter o bom humor apesar do vexame da eliminação nas oitavas de final pela Islândia. Ele até concluiu a mensagem com algumas palavras em galês: "Cymru am byth!" (longa vida ao País de Gales!". William é filho de Charles, que tem o título de Príncipe de Gales.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo