Esporte

Deschamps descarta plano anti-CR7 para a final da Euro

09/07/2016 14h39

Saint-Denis, França, 9 Jul 2016 (AFP) - "Ninguém encontrou uma forma de pará-lo até agora", afirmou neste sábado o técnico da seleção francesa, Didier Deschamps, ao ser perguntado se montou um plano específico para marcar o astro português Cristiano Ronaldo na final da Eurocopa, no domingo, no Stade de France.

-Você ganhou praticamente todos os títulos possíveis como jogador e muitos como treinador. Como consegue passar a cultura da vitória aos seus atletas?

"Além da qualidade dos jogadores, é uma questão de atitude. Tivemos dois anos de amistosos, não ganhamos todos mas tentamos manter essa atitude vitoriosa. Disputar uma Eurocopa é algo fabuloso. Eles fizeram tudo que era preciso, não desistem nunca e é isso que me agrada. No esporte de alto rendimento, jogamos para ganhar. Não há nada mais bonito que a vitória e vamos fazer de tudo para conquistar esse título. O futebol não é uma ciência exata, muitas vezes é decidido nos detalhes, mas temos a impressão de ter dado tudo e não estamos arrependidos de nada".

-Como vocês lidam com a ansiedade antes da final?

"É um momento excepcional, privilegiado, uma oportunidade única porque o título está ao nosso alcance. Mas não vamos mudar nosso hábitos, o ideal é chegar o mais relaxado possível, e ao mesmo tempo muito focado. Estar no banco para comandar a equipe é diferente, o melhor lugar é no campo. Como treinador, existe essa frustração de não poder participar do jogo. Mas vivo bem essa situação, não sinto estresse nem pressão, apenas adrenalino, então é positivo".

-Amanhã será o dia mais importante da sua carreira?

"Claro que é um momento importante para mim. Quando aceitei ser técnico da seleção, não foi apenas para participar dos torneios. O resultado dessa final vai ter consequências para o futuro, não apenas para mim, mas também para os jogadores. Conquistar títulos é sempre complicado, ainda mais com uma seleção nacional. Temos que aproveitar essa oportunidade sem pensar no quem vem depois. Os jogadores têm consciência desse privilégio de disputar o título de campeão europeu em casa, em Paris".

-O que você acha dessa seleção portuguesa?

"Eles têm muita qualidade e não chegaram à final por acaso. Essa equipe possui bastante experiência, é bem organizada, tem uma defesa sólida e conta muito com a dupla de ataque Cristiano Ronaldo-Nani. Não é uma equipe que vai marcar pressão no campo do adversário, mas sabe se projetar rápido para o contra-ataque".

-Você montou um plano anti-Cristiano Ronaldo?

"Ninguém encontrou uma forma de pará-lo até agora. É um grande jogador, com ótima qualidade atlética no jogo aéreo. Ele consegue ficar muito tempo no ar. No futebol, o mais difícil é lutar contra a velocidade e as jogadas aéreas. Limitar sua influência pode ser um fator importante.

-Como você vê a trajetória de Antoine Griezmann?

"Ele teve uma temporada bastante movimentada, com a derrota na final da Liga dos Campeões (com o Atlético de Madri, contra o Real Madrid de CR7). Precisou digerir isso, mas tem qualidade e eficiência que são muito importantes para a equipe. Ele faz o time jogar, não é um solista. É sempre disponível, mas depende do coletivo".

Declarações feitas em entrevista coletiva.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo