Esporte

Explosão de alegria em Portugal, que enfim comemora um título da 'Selecção'

10/07/2016 20h59

Lisboa, 10 Jul 2016 (AFP) - "Campeões, somos campeões da Europa!" Os portugueses tremeram quando viram a estrela Cristiano Ronaldo abandonar o campo lesionado, mas acabaram comemorando com uma explosão de alegria em todo o país o primeiro título da 'Selecção', que venceu a França por 1 a 0 na final da Euro-2016.

"Faltam palavras. Merecemos. Enfim calamos todos os franceses e todos aqueles que nos criticavam. Mostramos que somos os mais fortes", comemorou Ruben Sardinha, 22 anos, com ma bandeira de Portugal pendurada no pescoço.

Com lágrimas nos olhos, Carla Martins, 44 anos, não parava de gritar "Portugal! Portugal!. Confiei até o fim. Merecemos!.

"Sem dúvidas é merecido. Não fomos arrogantes, mas sim humildes. Teria sido legal se Ronaldo tivesse marcado outro gol, mas jogamos como equipe e alcançamos o prêmio", destacou Fernando Silva, um lisboeta de 61 anos.

Políticos e famosos portugueses também expressaram sua alegria com o título inédito e CR7 e companhia.

"Somos os melhores da Europa, mostramos quem somos: resistentes, unidos, capazes de superar toda dificuldade", declarou Marcelo Rebelo de Sousa, presidente de Portugal.

"CAMPEÕES! Vocês são enormes! Parabéns!", escreveu no Twitter Luis Figo, ex-jogador e capitão da seleção portuguesa.

Em pleno êxtase, mais de 50.000 pessoas, de acordo com as autoridades, dançaram e agitaram as bandeiras portuguesas na Praça do Comércio, no meio da capital lusa.

"É uma grande emoção. Tiraram de nós este título em 2004, mas finalmente ganhamos", comemorou Tiago Teixeira, 22 anos, lembrando da final perdida para a Grécia (1-0), há 12 anos.

Uma derrota que ficou marcada na memória portuguesa e que enfim pôde ser exorcizada pela seleção comandado pelo técnico Fernando Santos.

Da final de 2004, ficou na lembrança também a imagem de um jovem Cristiano Ronaldo, com apenas 19 anos, chorando de tristeza a derrota. Neste domingo, o maior astro também derramou lágrimas de dor e tristeza pela lesão sofrida no primeiro tempo que acabaram se transformando em choro de alegria na comemoração do título.

- Buzinaço pelo título -Ao som do apito final, milhares de torcedores foram às ruas comemorar a vitória da maneira mais estridente possível, com um concerto de buzinas.

Este título chega em momento oportuno para levantar a moral portuguesa, que pena para se recuperar da crise econômica dos últimos anos e se vê ameaçada de sanções e multas pela Comissão Europeia.

Durante a final, o entusiasmo dos portugueses foi por água abaixo aos 25 minutos de jogo, quando o craque Cristiano Ronaldo precisou deixar o gramado machucado.

"É um golpe duro para nossa seleção. Ronaldo não merecia acabar assim, em lágrimas. É realmente muito triste", lamentava Gregório Teixeira, de 40 anos.

"É difícil sem Ronaldo. Os franceses haviam avisado que neutralizariam ele e acabaram conseguindo", disse Rafael Silva, 20 anos, com as bochechas pintadas das cores da bandeira portuguesa.

Pouco a pouco, a torcida foi recuperando pouco a pouco a confiança, apoiando a equipe com o famoso "A-huh", o grito de guerra que os islandeses popularizaram nesta Eurocopa.

"Queremos lágrimas de alegria. Doze anos depois de nossa Eurocopa, é a vez de Portugal ser feliz", escreveu o diário esportivo Record pela manhã, um título que acabou se tornando profecia horas depois.

tsc-bh/tba/mcd/am/lg

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo