Esporte

Empresa acusa autoridades e interrompe obras de estádio da Copa de 2018

Da AFP, em São Petersburgo (Rússia)

14/07/2016 16h11

A empresa encarregada da construção do novo estádio de São Petersburgo, que acolherá as partidas da Copa do Mundo de 2018, anunciou nesta quinta-feira (14) que parou os trabalhos, acusando as autoridades locais de sabotagem.

"Nosso objetivo continua sendo o mesmo: queremos terminar a construção do estádio nos prazos determinados, de agora até o fim do ano. Mas a administração, como cliente, faz tudo para que esse prazos não sejam respeitados", denunciou a Injtransstroi-SPB em um comunicado publicado na página oficial do futuro estádio.

A Injtransstroi-SPB anunciou que enviou uma carta ao governador de São Petersburgo para "atrair sua atenção sobre esta situação e informá-lo da suspensão de fato" da construção "devido a incumprimentos do contrato por parte do cliente".

A empresa acusa a administração local de atrasos no pagamento por algumas obras já terminadas, por uma quantidade de 1 bilhão de rublos (21 milhões de euros) e de não ter validado um aumento do pressuposto de construção do estádio.

"Nas últimas duas semanas o cliente utilizou táticas de chantagem", acrescentou a empresa, que fala em "ameaças".

"Representantes da administração municipal não tomaram as medidas necessárias para resolver as tensões e contribuem para a deterioração da situação", acrescenta o comunicado.

A construção do estádio começou em 2007. Seu custo foi aumentado em inúmeras ocasiões e chega hoje a 39,2 bilhões de rublos, segundo a imprensa russa.

Com uma capacidade para 68.000 espectadores, o estádio receberá principalmente uma semifinal da Copa de 2018. Abrigará, igualmente, as partidas do clube local mas importante, o Zenit.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo