Esporte

Promotoria espanhola recorre do arquivamento do caso Neymar

Cesar Manso-22.mai.2016/AFP
Imagem: Cesar Manso-22.mai.2016/AFP

14/07/2016 18h00

A promotoria espanhola apresentou nesta quinta-feira (14) um recurso contra o arquivamento do caso contra Neymar e seu pai, investigados por suposta corrupção, acusados de dissimular o valor real da transferência do atacante brasileiro ao Barcelona em 2013.

"Não podemos concordar com o critério do juiz de instrução de que os fatos não constituem delito de corrupção entre particulares", argumentou a promotoria no seu recurso.

O juiz de instrução de Madri encarregado do caso concluiu no dia 8 de julho que "as condutas analisadas não podem ser perseguidas penalmente", decisão que livrou Neymar e seu pai do tribunal.

A decisão também vale para os ex-presidentes do Barcelona, Sandro Rosell, e do Santos Odílio Rodrigues, assim como os dos clubes, também investigados.

A Promotoria espanhola acusou Neymar e seu pai de "corrupção nos negócios" pelo contrato assinado pela empresa familiar N&N com o Barcelona para a transferência do atacante.

A denúncia foi feita pelo fundo brasileiro DIS, dono de parte dos direitos econômicos do jogador, que considera a transação fraudulenta, por impedi-lo de receber uma quantia maior pela negociação.

Oficialmente avaliado em 57,1 milhões de euros, o montante chegou na verdade a 83,3 milhões, de acordo com outra investigação judicial conduzida na Espanha.

O fundo DIS, que recebeu 6,8 milhões de euros dos 17,1 embolsados pelo Santos, considerou-se duplamente prejudicado: por não ter recebido sua parte de acordo com o custo real da transferência e por causa do contrato de exclusividade assinado entre o Barça e Neymar em 2011, impedindo outros clubes de participar do 'leilão' pela sua contratação.

A promotoria também incluiu um documento que mostra que o Real Madrid ofereceu 36 milhões de euros, enquanto o Barça pagou 'apenas' 17,1 mi pelos direitos federativos do craque.

Cabe agora à Audiência Nacional decidir se o recurso da promotoria será aceito ou não.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo