Esporte

Ministro russo dos Esportes diz que sentença do TAS é decisão 'sem fundamentos jurídicos'

21/07/2016 07h09

Moscou, 21 Jul 2016 (AFP) - A decisão do Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) de rejeitar a apelação de 68 integrantes do atletismo russo que pediram para participar dos Jogos Olímpicos do Rio após serem suspensos pela IAAF é "política" e "sem fundamentos jurídicos", denunciou nesta quinta-feira o ministro russo dos Esportes, Vitali Mutko.

"Só posso expressar minha decepção. Vamos refletir sobre as próximas etapas. Do meu ponto de vista, é uma decisão subjetiva, bastante politizada e sem fundamentos jurídicos", declarou Mutko à agência de notícias russa TASS depois da decisão do TAS, que priva os atletas russos suspensos pela Federação Internacional de Atletismo (IAAF) de ir o Rio (5 a 21 de agosto).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo