Esporte

Farah faz melhor marca do ano nos 5.000 m em Londres; Murer desiste

23/07/2016 14h25

Londres, 23 Jul 2016 (AFP) - O britânico Mo Farah brilhou novamente em casa ao cravar neste sábado o melhor tempo do ano nos 5000 m da etapa de Londres da Liga de Diamante, enquanto a brasileira Fabiana Murer desistiu de disputar a prova do salto com vara por sentir dores nas costas.

Empurrado pela torcida no estádio Olímpico, onde alcançou a glória nos Jogos de 2012, com a dobradinha histórica 5.000/10.000, Farah completou a distância abaixo dos 13 minutos, em 12:59.29, 24 centésimos a menos que o Etíope Muktar Edris, no dia 28 de maio, em Eugene, nos Estados Unidos.

Com esse tempo, o britânico nascido na Somália confirmou que será o grande favorito das provas de fundo em agosto, no Rio de Janeiro.

"Era minha última chance de ir rápido antes do Rio. A Olimpíada já está chegando e foi importante vencer assim antes de viajar para lá. Estou em forma, mas preciso manter os pés no chão, tudo pode acontecer", comentou Farah depois da prova.

Principal chance de medalha do atletismo brasileiro nos Jogos, Murer disse à emissora Bandsports que desistiu de competir por precaução, "para não arriscar", por sofrer dores no pescoço e na parte superior das costas.

Na sua ausência, quem levou a melhor foi a grega Ekateríni Stefanídi, que saltou 4,80 m, superando a cubana Yarisley Silva, atual campeã mundial (4,72 m).

Murer ainda tem a melhor marca do ano (4,87 m), estebelecida no Troféu Brasil, no dia 3 de julho, em São Bernardo do Campo.

No dia 26 de junho, a bicampeã olímpica Yelena Isinbayeva chegou a saltar 4,90 m no cameponato nacional da Rússia, mas a marca não foi validade no âmbito internacional por conta da suspensão do seu país. A 'Czarina' não poderá tentar o tricampeonato no Rio por conta da punição coletiva que tirou o atletismo russo dos Jogos.

- 'Bolt de saias' preocupa -Murer não competiu, mas o Brasil marcou presença com seus velocistas.

O revezamento 4x100 m masculino terminou apenas em sexto lugar, em 38.60, em prova vendida pela Grã-Bretanha, com tempo de 37.78, melhor marca do ano. Os anfitriões mostraram muita força em casa: competiram com duas equipes no revezamento e colocaram as duas nos dois primeiros lugares.

A equipe B fechou a prova apenas três centésimos atrás dos titulares, em 37.81.

Na prova individual dos 100 m rasos femininos, Ana Cláudia Lemos e Rosângela Santos, que brilharam na sexta-feira ao conquistar a prata no revezamento, correram na mesma bateria, mas nenhuma delas conseguiu se classificar para a final. Rosângela terminou em sexto, em 11.24, e Ana Cláudia em sétimo (11.27).

Na final, quem levou a melhor foi a marfinense, Marie-Josee Ta Lou, que completou a distância em 10.96, seu recorde pessoal, deixando para trás a atual bicampeã olímpica Shelly-Ann Fraser-Pryce, que ficou apenas em terceiro (11.06).

A 'Bolt de saias', que arrasta uma lesão no pé há meses, preferiu manter o otimismo. "Às vezes, com lesões, você nunca sabe o que pode acontecer. Faz parte da vida e tive uma carreira maravilhosa até agora. Estou confiante, mas sei o quanto os Jogos serão difíceis para mim", comentou a jamaicana.

Na sexta-feira, Usain Bolt fez seu retorno às pistas depois da lesão que o tirou das seletivas jamaicanas e tranquilizou os fãs ao vencer os 200 m em 19,89, quinto melhor tempo do ano.

Neste sábado, na prova feminina dos 200 m, a holandesa Dafne Schippers, atual campeã mundial, deu mais um show ao vencer em 22.13.

-Principais resultados deste domingo na etapa de Londres da Liga de Diamante:

MASCULINO

400 m:

1. Matthew Hudson-Smith (GBR) 45.03

2. Deon Lendore (TRI) 45.34

3. Rabah Yousif (GBR) 45.45

4. Luka Janezic (ESL) 45.54

5. Michael Berry (EUA) 45.55

6. Jonathan Borlée (BEL) 45.63

5000 m:

1. Mohamed Farah (GBR) 12:59.29 (MPM)

2. Andrew Butchart (GBR) 13:14.85

3. Bernard Lagat (EUA) 13:14.96

4. Isiah Kiplangat Koech (QUE) 13:15.44

5. Ryan Hill (EUA) 13:15.59

6. Ben True (EUA) 13:16.63

110 m com barreiras (vento: -1 m/s):

1. Dimitri Bascou (FRA) 13.20

2. Gregor Traber (ALE) 13.45

3. Konstadínos Douvalídis (GRE) 13.54

4. Aurel Manga (FRA) 13.59

5. David Omoregie (GBR) 13.64

6. Eddie Lovett (ISV) 15.78

400 m com barreiras:

1. Kerron Clement (EUA) 48.40

2. Javier Culson (PUR) 48.63

3. Yasmani Copello (TUR) 48.70

4. L.J. van Zyl (RSA) 48.92

5. Jack Green (GBR) 48.99

6. Sebastian Rodger (GBR) 49.35

7. Johnny Dutch (EUA) 49.60

8. Michael Tinsley (EUA) 50.72

Revezamento 4x100 m:

1. Grã-Bretanha 37.78

2. Grã-Bretanha B 37.81

3. Canadá 38.17

4. Jamaica 38.35

6. Brasil 38.60

7. Holanda 39.01

Salto em distância:

1. Gao Xinglong (CHN) 8,11 m

2. Damar Forbes (JAM) 8,05

3. Mike Hartfield (EUA) 8,01

4. Wang Jianan (CHN) 7,91

5. Tyrone Smith (BER) 7,78

6. Michel Tornéus (SUE) 7,77

7. Jarvis Gotch (EUA) 7,77

Arremesso de peso:

1. Joe Kovacs (EUA) 22,04 m

2. Tomas Walsh (NZL) 21,54

3. David Storl (ALE) 21,39

4. Darrell Hill (EUA) 21,24

5. Kurt Roberts (EUA) 20,80

6. Tomasz Majewski (POL) 20,33

FEMININO

100 m:

1. Marie-Josee Ta Lou (CIV) 10.96

2. Michelle-Lee Ahye (TRI) 10.99

3. Shelly-Ann Fraser-Pryce (JAM) 11.06

4. Dina Asher-Smith (GBR) 11.09

5. Morolake Akinosun (EUA) 11.11

6. Desiree Henry (GBR) 11.17

7. Christania Williams (JAM) 11.19

8. Carina Horn (RSA) 11.22

9. Simone Facey (JAM) 11.22

100 m:

.Série 1

1. Shelly-Ann Fraser-Pryce (JAM) 11.03 Q

2. Christania Williams (JAM) 11.05 Q

3. Desiree Henry (GBR) 11.08 Q

4. Morolake Akinosun (EUA) 11.11 q

5. Simone Facey (JAM) 11.13 q

6. Rosângela Santos (BRA) 11.24

7. Ana Claudia Lemos (BRA) 11.27

8. Crystal Emmanuel (CAN) 11.28

9. Louise Bloor (GBR) 11.60

.Série 2

1. Marie-Josee Ta Lou (CIV) 10.96 Q

2. Michelle-Lee Ahye (TRI) 11.03 Q

3. Dina Asher-Smith (GBR) 11.07 Q

4. Carina Horn (RSA) 11.15 q

5. Asha Philip (GBR) 11.16

6. Remona Burchell (JAM) 11.26

7. Darryl Neita (GBR) 11.30

8. Stella Akakpo (FRA) 11.31

9. Khamica Bingham (CAN) 11.37

200 m (vento: -0,8 m/s):

1. Dafne Schippers (HOL) 22.13

2. Tiffany Townsend (EUA) 22.63

3. Joanna Atkins (EUA) 22.64

4. Jeneba Tarmoh (EUA) 22.81

5. Jodie Williams (GBR) 22.99

6. Shalonda Solomon (EUA) 23.11

800 m:

1. Shelayna Oskan (GBR) 1:59.46

2. Lynsey Sharp (GBR) 1:59.54

3. Molly Beckwith-Ludlow (EUA) 1:59.56

4. Winny Chebet (QUE) 1:59.88

5. Alison Leonard (GBR) 2:00.52

6. Angela Smit (NZL) 2:00.92

3000 m com obstáculos:

1. Habiba Ghribi (TUN) 9:21.35

2. Stephanie Garcia (EUA) 9:26.26

3. Purity Cherotich Kirui (QUE) 9:30.95

4. Aisha Praught (EUA) 9:31.75

5. Shalaya Kipp (EUA) 9:34.12

6. Sara Louise Treacy (IRL) 9:39.41

7. Caroline Chepkurui Tuigong (QUE) 9:41.14

8. Ophélie Claude-Boxberger (FRA) 9:42.14

Salto em distância:

1. Katarina Johnson-Thompson (GBR) 6,84 m

2. Shara Proctor (GBR) 6,80

3. Funmi Jimoh (EUA) 6,65

4. Alina Rotaru (ROM) 6,41

5. Chanice Porter (JAM) 6,35

Salto com vara:

1. Ekateríni Stefanídi (GRE) 4,80 m

2. Yarisley Silva (CUB) 4,72

3. Eliza McCartney (NZL) 4,62

4. Holly Bleasdale (GBR) 4,52

5. Michaela Meijer (SUE) 4,52

6. Kristen Brown (EUA) 4,52

Lançamento de disco:

1. Sandra Perkovic (CRO) 69,94 m

2. Dani Samuels (AUS) 64,10

3. Jade Nicholls (GBR) 61,65

4. Whitney Ashley (EUA) 60,20

5. Nadine Müller (ALE) 59,95.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo