Esporte

Rosberg voa na pista molhada e conquista pole na Hungria

23/07/2016 15h57

Budapeste, 23 Jul 2016 (AFP) - O alemão Nico Rosberg contou com a sorte para conquistar a pole position do Grande Prêmio da Hungria, neste sábado, em treino classificatório caótico interrompido várias vezes pela chuva.

O piloto de 31 anos foi beneficiado por um acidente do espanhol Fernando Alonso, da McLaren, que rodou na curva 9 e impediu Lewis Hamilton, companheiro de equipe e grande rival do alemão, de completar sua última volta rápida.

O britânico, que está apenas um ponto atrás do líder Rosberg no campeonato, teve que se contentar com o segundo lugar.

"O que aconteceu com Fernando foi infeliz, não estou tão decepcionado, são coisas que acontecem", reagiu o atual bicampeão do mundo, que já triunfou quatro vezes na Hungria. "Eu dei meu máximo e sei que a corrida será longa", avisou.

Rosberg, que na sexta-feira anunciou a renovação do seu contrato até 2018, está tendo um fim de semana perfeito: depois de dominar todos os treinos livres, somou a 26ª pole da sua carreira, a quarta da temporada.

Ele foi o único a completar uma volta abaixo de 1 minuto e 20 segundos (1:19.965), 143 milésimos mais rápido que Hamilton.

- RBR na segunda fila -Seu treino classificatório, porém, foi manchado por um erro que poderia ter sido fatal: de acordo com Christian Horner, diretor da Red Bull, o alemão ignorou bandeiras amarelas agitadas depois do acidente de Alonso.

O direção da corrida chegou a abrir uma investigação, mas acabaram considerando que o piloto "desacelerou suficientemente na curva 8".

"Não acho que seja um problema porque eu realmente levantei o pé do acelerador", tinha avisado o líder do campeonato, que foi chamado de volta ao circuito para fornecer explicações, enquanto já havia voltado ao seu hotel.

"As condições estavam realmente complicadas o tempo todo, mas eu me senti bem o fim de semana todo. Estou ansioso para a corrida de amanhã, será uma grande oportunidade de fazer a diferença no campeonato", completou.

Fortes pancadas de chuva deixaram a pista totalmente encharcada, adiando em vinte minutos o início do Q1, que precisou ser interrompido quatro vezes por causa das condições precárias. No total, o processo durou duas horas, o dobro do habitual.

Além de Alonso, muitos outros pilotos rodaram na pista do Hungaroring. Ainda no Q1, brasileiro Felipe Massa, da Williams, que pagou caro a ousadia, por ter tentado usar pneus intermediários enquanto a pista ainda estava muito escorregadia e largará apenas em 18ª.

O outro Felipe do Brasil, Nasr, da Sauber, conseguiu se classificar para o Q2 e obteve o 16º tempo.

A Red Bull confirmou a boa fase ao ocupar a segunda fila, com o australiano Daniel Ricciardo (3º) e o holandês Max Verstappen (4º), deixando mais uma vez para trás as Ferraris do alemão Sebastian Vettel (5º) e do finlandês Kimi Räikkönen (14º).

--Resultados do treino classificatório do GP da Hungria:

1. Nico Rosberg (ALE/Mercedes) 1:19.965

(velocidade média: 197,231 km/h)

2. Lewis Hamilton (GBR/Mercedes) 1:20.108

3. Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull-TAG Heuer) 1:20.280

4. Max Verstappen (HOL/Red Bull-TAG Heuer) 1:20.557

5. Sebastian Vettel (ALE/Ferrari) 1:20.874

6. Carlos Sainz Jr (ESP/Toro Rosso-Ferrari) 1:21.131

7. Fernando Alonso (ESP/McLaren-Honda) 1:21.211

8. Jenson Button (GBR/McLaren-Honda) 1:21.597

9. Nico Hülkenberg (ALE/Force India-Mercedes) 1:21.823

10. Valtteri Bottas (FIN/Williams-Mercedes) 1:22.182

Eliminados no Q2:

11. Romain Grosjean (FRA/Haas-Ferrari) 1:24.941

12. Daniil Kvyat (RUS/Toro Rosso-Ferrari) 1:25.301

13. Sergio Pérez (MEX/Force India-Mercedes) 1:25.416

14. Kimi Räikkönen (FIN/Ferrari) 1:25.435

15. Esteban Gutiérrez (MEX/Haas-Ferrari) 1:26.189

16. Felipe Nasr (BRA/Sauber-Ferrari) 1:27.063

Eliminados no Q1:

17. Jolyon Palmer (GBR/Renault) 1:43.965

18. Felipe Massa (BRA/Williams-Mercedes) 1:43.999

19. Kevin Magnussen (DIN/Renault) 1:44.543

20. Marcus Ericsson (SUE/Sauber-Ferrari) 1:46.984

21. Pascal Wehrlein (ALE/Manor-Mercedes) 1:47.343

22. Rio Haryanto (INA/Manor-Mercedes) 1:50.189

--Grid de largada:

1ª fila

Nico Rosberg (ALE/Mercedes)

Lewis Hamilton (GBR/Mercedes)

2ª fila

Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull-TAG Heuer)

Max Verstappen (HOL/Red Bull-TAG Heuer)

3ª fila

Sebastian Vettel (ALE/Ferrari)

Carlos Sainz Jr (ESP/Toro Rosso-Ferrari)

4ª fila

Fernando Alonso (ESP/McLaren-Honda)

Jenson Button (GBR/McLaren-Honda)

5ª fila

Nico Hülkenberg (ALE/Force India-Mercedes)

Valtteri Bottas (FIN/Williams-Mercedes)

6th row

Romain Grosjean (FRA/Haas-Ferrari)

Daniil Kvyat (RUS/Toro Rosso-Ferrari)

7ª fila

Sergio Perez (MEX/Force India-Mercedes)

Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari)

8ª fila

Esteban Gutierrez (MEX/Haas-Ferrari)

Felipe Nasr (BRA/Sauber-Ferrari)

9ª fila

Jolyon Palmer (GBR/Renault)

Felipe Massa (BRA/Williams-Mercedes)

10ª fila

Kevin Magnussen (DIN/Renault)

Marcus Ericsson (SUE/Sauber-Ferrari)

11ª fila

Pascal Wehrlein (ALE/Manor-Mercedes)

Rio Haryanto (INA/Manor-Mercedes)

dlo/mca/lg

FERRARI NV

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo